EXPOSIÇÕES: António Paes Cardoso

Detalhes do evento

EXPOSIÇÕES: António Paes Cardoso

Horário: 4 Março 2011 às 18:30 a 30 Março 2011 às 20:00
Local: "Árvore - Cooperativa de Actividades Artísticas, CRL"
Rua: Azevedo de Albuquerque, 1
Cidade: Porto
Site ou Mapa: http://www.arvorecoop.pt
Telefone: 222076010
Tipo de evento: exposições
Sugerido por: ÁRVORE CRL
Última actividade: 22. Fev, 2011

Exportar para Outlook ou iCal (.ics)

Descrição do evento

A Árvore inaugura a exposição de fotografia Imaginário de ANTÓNIO PAES CARDOSO, nas salas 2 e 3, no dia 4 de Março de 2011, sexta-feira, pelas 18h30.

 

A ver até ao dia 30 de Março de 2011.


"Passagens
 
   Talvez se possa dizer de todas as formas de arte o que Bocaccio diz da poesia na "Vida de Dante", que é "quase uma só e mesma coisa" que a teologia, do mesmo modo que "teologia nenhuma outra coisa é senão um poema sobre Deus". Ocorre-me isto não apenas por estas fotografias de A. Paes Cardoso terem por objecto imagens religiosas mas, sobretudo, por aquilo que, nelas, é diálogo (sereno ou inquieto, ascético ou deslumbrado, inocente ou secreto) entre mundos.
   As artes (e, particularmente, as poiesis do santeiro e do fotógrafo) pretendem, como talvez também a teologia, dar a ver, quando não, em sentido literal, compreender. Mesmo a arte mais fundamente ancorada, seja como projecto seja como processo, no "real" e na razão apolínea, quanto mais fundo vai mais parece perder-se das referências de partida e tornar-se passagem entre o Além e o Aquém do que é visível e racional. Ou então, servindo-me do título que o Autor deu à presente exposição, entre "imaginário" e "real".
   A própria etimologia de religião como re-ligação parece autorizar, mas que sei eu?, a ideia da arte, no sentido em que a arte é passagem, como teologia, isto sendo possível um entendimento de Deus não como divindade mas como mais-que-mundo que há no mundo e mais-que-humanidade que há no homem.
   Estas fotografias de Paes Cardoso dão a ver não só pormenores (e diz-se que é nos pormenores que está Deus) da iconografia religiosa dificilmente acessíveis ao frequentador comum de igrejas e mosteiros, mas também a espécie de omnipresente ausência que anima todas estas figuras, a maior parte de olhos postos no Invisível (no Alto, como dizem os crentes). Mesmo as que olham para o "baixo", para o visível ou o infernal, dir-se-ia olharem antes para dentro de si, que é como quem diz para dentro de nós.
   São figuras, algumas delas representando hierarcas do Céu e da Terra, tão frágeis e vulneráveis quanto nós, mortais comuns. O fotógrafo mostra-as prisioneiras da sua materialidade e sujeitas à humilhante usura do tempo. Mas, simultaneamente (e isso sente-se sobretudo em olhares e expressões), como se estivessem para além do tempo, paradas algures entre a vida e a morte.
   Não será justamente essa a neurose que se encontra na essência da fotografia como arte, fazer parar o tempo?"
Porto, 19/02/11
Manuel António Pina

Caixa de Recados

Adicione um comentário

para adicionar comentários adicione este evento "EXPOSIÇÕES: António Paes Cardoso" à sua agenda

Entrar em MyGuide

Vão a este evento (1)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço