Detalhes do evento

Descrição do evento

António Tarantino sobre Brilharetes
Uma noite fui comprar cigarros à estação dos comboios, era bastante tarde e vi um homem a olhar fixamente para mim. Lembrava-me daquele homem, lembrava-me de o ter conhecido trinta anos antes. Ele olhava para mim com olhos de pessoa que dorme ao relento, que precisa de ajuda, e naquele momento fez-me um gesto. Queria um cigarro. Eu dei-lho e olhei para ele e perguntei: “És o Brilharetes, não és?”. E ele assentiu. Dei-lhe o cigarro, levei-o para um café e dei-lhe algum dinheiro.
Lembrei-me da história daquele homem a quem, naquela altura, todos chamavam “o poeta”. Era uma pessoa culta, uma pessoa culta que de repente… Lembro-me que, nos anos 50, me recomendou a leitura de Vadios, de Pasolini. Dirigia a biblioteca do círculo comunista Garibaldi de Turim. Depois, de repente, desapareceu de circulação. Era um homem que aparentemente podia ter sido alguém na vida.
Em suma, lembrei-me de todo um mundo que já não existe. Assim, juntando pedaços de várias vidas, cada uma diferente, consegui escrever Brilharetes.
Aprendi que os estímulos para escrever podem surgir de uma circunstância qualquer, mesmo de uma frase, de uma palavra, mas só se essa frase ou palavra se puderem ligar a outras coisas que aconteceram antes. Não é que essa palavra determine toda a peça, mas se há precedentes, se há um passado, essa palavra pode ser o pretexto que faz todo o teu dicionário vir ao de cima, todas as tuas experiências, todas as tuas coisas, as coisas que guardas em ti mesmo.
Outra coisa importante, mais importante do que o incipit, é a iminência. Tem de haver uma iminência qualquer para fazer o teatro, qualquer coisa que tem de acontecer e tem de acontecer necessariamente.

BRILHARETES (Lustrini) de Antonio Tarantino
Tradução Tereza Bento Com João de Brito e Tiago Nogueira Cenário e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Assistência Joana Barros Apoio à produção João Meireles Um espectáculo de João de Brito e Tiago Nogueira com a colaboração de Jorge Silva Melo Co-produção Artistas Unidos/ LAMA/ Molloy Associação Cultural

 

Horário: 25 e `26 de Março às 21h30

Preço: 4€

Caixa de Recados

Adicione um comentário

para adicionar comentários adicione este evento "TEATRO: Brilharetes" à sua agenda

Entrar em MyGuide

Vão a este evento (1)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço