ACTIVIDADES: Passeios de burro, como noutros tempos

Aquilo que há umas décadas os nossos antepassados faziam com a maior das naturalidades – deslocarem-se de burro – é hoje uma actividade de lazer. E bem divertida!


“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades”, constatamos mais e mais uma vez. O burro que era um meio de transporte do antigamente e “ferramenta” de trabalho preciosa, foi deixando de ser necessário para esses fins e é hoje um animal em vias de extinção, tratado com um carinho que nunca conheceu antes, por aqueles que tudo fazem para o preservar.
É assim que os encontramos na Reserva de Burros situada em Assafora, concelho de Sintra – bonitos, felizes, mimados e até enfeitados de cores garridas, suscitando o inevitável “que fofinho!”

 

 

O burro é esperto!

A primeira parte do Passeio de Famílias proposto nesta reserva – imediatamente após a chegada ao local e o irresistível cumprimento a todos os bichos junto à cerca que os guarda em semi-liberdade – é um pequeno workshop sobre o animal. É de forma simples, adequada às crianças, que a monitora fala sobre as características e comportamento deste animal. A seu lado, paciente, aguarda o Jasmim, pronto a demonstrar tudo aquilo que a tratadora explica: que é meigo, que não dá coices nem morde (quando é tratado com o respeito que merece), que não é nervoso (quando se assusta pára, em vez de fugir como o seu “primo” cavalo), que é comilão (quando deita um olhares gulosos para os bancos feitos de feno), que é forte e, sim, que afinal é esperto!

 

E gosta de passear…

Feitas as primeiras apresentações é chegada a hora de escovar e colocar a albarda e o alforge (tradicionais) no animal, para que se possa montá-lo com conforto. As crianças pequenas podem (e devem!) participar no passeio, mas os pais vão a pé para levar o burro pela rédea, tarefa que se verifica ser mais fácil do que passear muito cão desejoso de correr – de um modo geral, excepto quando passa por alguma planta mais suculenta, mantém-se em fila, atrás da monitora, em passo regular. Quando não resiste à tentação de filar o dente numa planta, a caravana pára, para logo retomar o caminho após um puxão de rédea – então o burro não era teimoso?!

O passeio decorre de forma pacífica, permitindo a todos – pais, filhos e burros – apreciarem a paisagem, que é linda! O caminho pelo Parque Natural Sintra-Cascais é rodeado de vegetação e desemboca numa arriba com fantástica vista para o mar. O passeio, com a duração de cerca de uma hora, enche as medidas das crianças e permite uma revigorante caminhada aos pais que, ainda assim, conseguem ir registando tudo nos seus telemóveis e Ipads…pois, os tempos mudam!

 

A despedida
Ao fim de duas horas de interacção com estes simpáticos animais, os mais pequenos sonham levar um burro para casa e os mais crescidos prometem passar palavra sobre este original programa que tem o custo de 15€ por criança e 5€ por acompanhante. Alguns até o repetem, seja novamente com a família, com a escola, com a empresa ou até numa despedida de solteiro! Há programas para todos os gostos…


Reserva de Burros
Estrada de São Julião, 50 A, Assafora, São João das Lampas, Sintra
Tel: 21 928 02 36 / 91 77 25 262
GPS: 38°55’15’’, -9°24’43’’
Site: Reserva de Burros


Outras contactos:


Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino
Largo da Igreja, Atenor, Miranda do Douro
Telefone: 273739307 / 966151131
Site: AEPGA


Burros Lanudos
Casa da Cisterna, Rua da Cadeia, nº 7, Castelo Rodrigo
Tel.: 271 313 515 / 964 070 183
Site: Burros Lanudos


Burros & Artes
Vale das Amoreiras, Aljezur, Algarve
GPS: 37°20'12.57"N / 8°46'42.85"W
Tel: 282 998 331/ 967 145 306
Site: Burros & Artes

Exibições: 2063

Tags: actividades, aljezur, castelo rodrigo, miranda do douro, passeios de burro, sintra

Comentar

Você precisa ser um membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Luis Marques Cotonete em 28 abril 2012 às 16:10

Tanta coisa para fazer ao nosso lado e passamos sempre por cima. Tenho que conhecer esta nova forma de passear.

Gostei...

Comentário de Ana Tomasi em 27 abril 2012 às 12:22

Ainda não fui... É mais um que está na lista dos A FAZER AINDA ESTE ANO!

Comentário de MyGuide em 28 outubro 2011 às 11:14
É sim, Ana. E fácil.
Comentário de ana dias em 28 outubro 2011 às 11:03
eu quero fazer isto. andar de burro, deve ser giro
Comentário de Marina Soares em 27 outubro 2011 às 16:38
Que artigo tão giro! Os burrinhos são mesmo bonitos e o percurso parece-me ser num sítio lindíssimo. Eu quero ir!
Comentário de MyGuide em 27 outubro 2011 às 11:02
Certo. Só vão a pé quando estão a acompanhar uma criança.
Comentário de Ana Tomasi em 27 outubro 2011 às 10:58
Giro. Os adultos também podem andar, certo?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...