BEM-ESTAR: Parque da Paz - mais do que um parque, um estilo de vida

A pressão e o stress tomaram conta das nossas vidas. Actualmente, vivemos em função das responsabilidades e do que os outros esperam de nós.

Mas, e nós, onde ficamos no meio de tudo isto?

A verdade é que temos de escutar mais o nosso corpo e dar-lhe a atenção merecida.

Se, por um lado, vivemos num mundo caracterizado pelo sedentarismo, por outro lado, há cada vez mais pessoas a lutar contra esta parca forma de vida.

Para tal, existem inúmeras possibilidades e formas e, em particular, locais.

 

 

Em Almada, existe o Parque da Paz. Este parque, embora esteja localizado numa área urbana, actua como um refúgio, que permite a qualquer um escapar à rotina durante algum tempo e, aqui, concentrar-se em si mesmo ou no que mais lhe apraz.

 

 

Sozinhos ou acompanhados. A correr ou a passear. Já são muitos os frequentadores assíduos do Parque da Paz, também conhecido como o “Pulmão da cidade”.

Efectivamente, este é um local bastante grande – com cerca de 60 hectares – e após lá estar durante alguns minutos é bastante fácil esquecer que estamos numa cidade, até porque o ar fresco e puro imediatamente nos transporta para outra realidade.

 

 

É um parque com uma variedade natural muito grande, com alguns identificadores para determinadas espécies de plantas, para que todos as possam conhecer, uma matiz de cores diversificada e que finaliza o resto do cenário, composto por extensos relvados, percursos pedonais e até alguns monumentos.

 

 

É um mundo de desportistas. Pessoas que praticam jogging e dão voltas e voltas, passando por mim uma e outra vez. Ciclistas que voam em cima de pedais cruzando pedras, plantas, flores e que perseguem a sua viagem compassadamente, enquanto outros preferem o contacto com a relva e a expansão da mente, ao praticar yoga.

 

 

É um mundo de amizade. Grupos de indivíduos reúnem-se. Riem e sorriem entre si.  E os piqueniques perto do lago que os aproximam e incentivam a criação de laços. Entretanto, avós dão passeios com os netos por entre trilhos e zonas mágicas, caracterizadas pelos mais variados tons de verde.

 

 

Sente-se um estado de paz num mundo surpreendente. A comunhão entre bem-estar, o ser humano e a Natureza.

 

 

Há quem brinque com os já familiares patos e cisnes que aqui habitam e que dominam o território, mas se mantêm confiantes e humildes para connosco.

 

 

São tantas as formas de descontrair e aproveitar um dia de maneira diferente, centrado em nós, enquanto o Sol nos aquece a alma e energiza a mente. São formas de estar.

 

Exibições: 1559

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Filipe Alves em 3 Abril 2011 às 23:04
Pois agora tens mais um incentivo e menos uma desculpa! eheheh =)
Comentário de Nuno Neves em 1 Abril 2011 às 12:03

Pelas fotos e pelo o espaço envolvente parece bem convidativo, confesso que passo muita vez de carro na orla do Parque da Paz, mas a curiosidade ainda não me tinha convencido a entrar... se bem que depois deste artigo quero la ir o quanto antes, mesmo eu também sendo da "outra banda" fiquei com bastante vontade de dar uns passeios por Almada nomeadamente visitar esta sugestao que tu tao bem nos presenteas-te.

 

Obrigado!

Comentário de Filipe Alves em 1 Abril 2011 às 1:02

Obrigado! De facto, é um sítio muito especial! Excelente para descontrair e uma mais valia para a cidade, sem dúvida!

Sempre que posso também lá estou presente! =)

Quanto a coordenadas, é muito fácil lá chegar. Ao sair da A2 para entrar em Almada é mantermo-nos à direita (aqui já se vê o Parque). E após 2 rotundas chega-se à sua entrada.

Aconselho a quem ainda não conhece!

Comentário de Luis Marques Cotonete em 31 Março 2011 às 23:43
Ter um parque dentro do perímetro urbano é e será sempre um luxo de direito de todos os utilizadores. Parabéns às cidades que o conseguem
Comentário de MyGuide em 31 Março 2011 às 17:44
E como é que se chega lá, Filipe? Os da "outra banda" precisam de coordenadas mais específicas.
Comentário de Filipe Amorim em 31 Março 2011 às 13:50

É a prova que não é só no interior que existe locais de culto à fauna e à flora.

É sempre possível encontrar bons locais urbanos, essenciais para a transmissão da tranquilidade e da paz que tanto procuramos, principalmente após mais um dia profissional agitado!  É um bom local a visitar ;-)

Comentário de Rui Mesquita em 31 Março 2011 às 11:29

Presente! Sou um dos que sempre que pode vai lá passear e respirar fundo. É um espaço fantástico. Tiro o chapéu à Presidente da Câmara, que resistiu sempre à tentação do betão e manteve aquele verde imenso intacto.

Bom artigo Filipe.

Comentário de Ana Pracaschandra em 31 Março 2011 às 10:18
Que óptima sugestão Filipe! :) Já tenho saudades de ir caminhar para o Parque da Paz. engraçado ler este artigo hoje, porque ainda ontem revisitei Almada e já não ia lá há meses. Este pode ser outro bom motivo para lá voltar! :)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço