CULTURA: Os Miseráveis - Do you hear the people sing?

Aviso aos mais distraídos: o filme de que tanto se fala, “Os Miseráveis”, a estrear esta quinta-feira, dia 3, é um musical, género que está longe de agradar a todos. Musical do primeiro ao último minuto. Musical no seu estado mais puro, sem diálogos interrompidos por uma cançãozita aqui, outra acolá. Toda a história é musicada, todas as falas são cantadas. E sim, ouvimos gente a cantar todo o bendito filme.

Feita a triagem, dirijo-me agora aos não avessos à ideia do musical ou até aos que se dizem ansiosos por poderem vê-lo. Afinal, a obra está longe de ser desconhecida do público. Adaptação do clássico de Victor Hugo, este é o musical dos musicais, em cena há décadas, com os temas que alguns até conseguem cantar (e que na sala de cinema terão de fazer o favor de se controlar, para que as suas vozes, quiçá menos dotadas do que as do elenco, não se façam ouvir).

“Mas qual é o interesse de fazer uma versão cinematográfica do mesmo?”, perguntarão os que, nesta fase da descrição, ainda não estão convencidos. Para além da razão óbvia que é a acessibilidade – nem todos vão assim num salto à Broadway ou ao West End – impõe-se uma série de ainda melhores razões. Comecemos pelo elenco, feito de actores e não de cantores, gente com créditos firmados na sétima arte, mas que, em alguns casos, nem no duche os sabíamos cantores. A sábia selecção de Tom Hooper coloca, por exemplo, Anne Hathaway ou Russell Crowe a interpretar respectivamente os belíssimos temas de Fantine e de Javert com a esperada expressividade e uma surpreendente capacidade vocal. Continuemos pela direcção dos mesmos – conduzidos a interpretar os temas ao vivo, e não em estúdio, os actores oferecem interpretações espontâneas, perfeitas nas suas pequenas imperfeições. Para além da questão da grandiosidade dos cenários, mais limitados em palco, serve esta adaptação também para melhor saborear as palavras de que esta história é feita. No meu caso, as palavras, ouvidas ora no leitor de cassetes do carro da minha irmã, nos idos anos 90, ora na agitação de uma sala londrina, não eram tão claras quanto o desejável e quanto a sempre confortável legendagem agora revelou.

Feita a breve apresentação, desafio-vos a ir conhecer ou recordar esta história do ex-recluso eternamente em fuga, do seu amor por uma criança, da sua fé e capacidade de perdoar. Tudo isto (e muito mais), devidamente orquestrado e cantado porque, como o próprio Victor Hugo diria, "a música exprime o que não pode ser dito em palavras nem pode ficar em silêncio".

 

Exibições: 384

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Nuno Francisco em 13 Janeiro 2013 às 15:56

Entristece-me o facto da minha história preferida de Victor Hugo ter sido adaptada a um musical. Já vi várias versões, umas mais interessantes que outras, ainda que a minha preferida seja aquela com o John Malkovich e Gerard Depardieu.

Comentário de Marina Soares em 3 Janeiro 2013 às 17:47

Ui, não me desejes assim tanto ma!  A primeira vez já foi mais que suficiente (e saltei um bocadito as partes chatas das batalhas...)

Comentário de Ana Pinheiro em 3 Janeiro 2013 às 17:41

Vais ver que voltas a cantarolar... e com vontade de reler a obra completa.

Comentário de Marina Soares em 3 Janeiro 2013 às 17:23

Depois disto, eu que nem gosto de musicais, fiquei com imensa vontade de ir ver. Juro que não tem nada a ver com as imagens do Hugh Jackman com a criancinha ao colo... :)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Eventos em Destaque

Abril 2020
DSTQQSS
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930
       

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço