ONDE DORMIR: Contemporaneidade e conforto no Valverde Hotel

Na Avenida da Liberdade, uma das zonas mais nobres de Lisboa, encontra-se um espaço distinto da cidade, com a sua elegância que mistura o estilo clássico com o contemporâneo, e cuja fachada lembra os edifícios aristocráticos de Nova Iorque ou Londres.

O Valverde Hotel corresponde a todos os requisitos de um sumptuoso hotel de 5 estrelas, mas a sua hospitalidade e atenção ao pormenor fazem qualquer pessoa sentir-se acolhida.

A área circundante ao Hotel corresponde à zona de maior riqueza da cidade. É a zona das grandes marcas e de outros hotéis de luxo. Foi também, ao longo da história, palco da evolução de Lisboa. Antes de ser Avenida da Liberdade, foi Passeio Público, mandado construir pelo Marquês de Pombal, em meados do século XVIII, onde a aristocracia lisboeta se passeava e se mostrava. Um século depois, deu lugar a um espaço aberto a todos os lisboetas, onde se realizavam eventos e se passavam as tardes de Verão. O Valverde arroga-se uma aproximação a esta história, dialogando com a história da área circundante e reinterpretando o esplendor de tempos idos à contemporaneidade. Produto de uma sociedade cosmopolita, casa temporária de cidadãos do mundo, este Hotel, com a sua intemporal atenção ao pormenor, ao serviço personalizado, alia de forma elegante o conforto do passado com as exigências do presente. No meio da velocidade do quotidiano, um momento calmo e aconchegante de pausa, adequado às mais diferentes exigências e hóspedes, quer seja um homem em negócios, ou um turista interessado em experiências de luxo. 

Aberto desde Setembro de 2014, organiza-se e apresenta-se aos hóspedes com um ambiente intimista, proporcionando uma experiência de alojamento que faz até o mais inquieto sentir-se em casa e relaxado.

O ambiente sóbrio e sofisticado do Valverde começa logo no Lobby, a partir do qual se estende um horizonte de calma e conforto. A sala de estar e a sala de leitura compõem a pintura de um hotel que se faz casa, dois espaços ideais para uma pausa, com chá ou com leitura, da azáfama da cidade lá fora.

O Pátio, uma idiossincrasia das casas portuguesas que encontra espaço no conceito deste hotel luxuoso, com uma decoração de jardim paisagista da autoria dos arquitetos João Bicho e Joana Carneiro, serve de apoio ao restaurante e recebe também comidas e bebidas, bem como um serviço de Chá da Tarde e Cocktails de Autor. Ladeado por árvores, delimitado por elegantes painéis escuros, com a sua piscina de água aquecida, as plantas de diferentes alturas, a vegetação luxuriante, bem como a decoração ecléctica, é um lugar que convida tanto ao discreto convívio social como à relaxante introspeção solitária. Um oásis de recato e privacidade que acrescenta o elemento paradisíaco a um hotel já de si celestial. 

Com assinatura de José Pedro Vieira e Diogo Rosa Lã, a decoração em todos os espaços do hotel é o toque de midas da experiência que o hotel pretende proporcionar. Tendo como ponto de partida uma ampliação do conceito de lar, com o seu ambiente personalizado, descontraído e íntimo, a decoração do Valverde faz-se de contrastes subtis, de pormenores luxuosos e de um espírito ao mesmo tempo clássico e cosmopolita. Cores sóbrias mas subtilmente jogadas com texturas de seda, tapetes e alcatifas a acrescentar conforto, mobiliário diverso, de peças antigas e modernas, conjugado com obras de arte e antiguidades, numa linguagem que se faz de passado e presente, para encontrar o melhor de ambos e se cristalizar num espaço de bom gosto, sofisticado sem ser opulento.

Para esta atmosfera de requinte e exclusividade igualmente contribuem os quartos. São 25, organizados em 5 categorias: os Mini (5) e os clássicos (10), com varandas com vista para a cidade e para o pátio do hotel, os deluxe (4), com vista para a Avenida da Liberdade, as suites júnior, todas com vista para avenida e closet, e as suites mais exclusivas, a ampla Avenida, e a Suite Valverde, com vista para toda a cidade, inclusive o Castelo de São Jorge. E como o pormenor é o que distingue o Valverde de outros espaços, e em continuação da irrepreensível decoração dos espaços comuns do Hotel, cada quarto tem a sua assinatura, cor e estilo de decoração. Variações do ecletismo que é a principal característica do Valverde, em quartos coloridos mas sóbrios, elegantemente mobilados. Impossível imaginar uma noite em claro em tão faustoso conforto.

Com assinatura de José Pedro Vieira e Diogo Rosa Lã, a decoração em todos os espaços do hotel é o toque de midas da experiência que o hotel pretende proporcionar. Tendo como ponto de partida uma ampliação do conceito de lar, com o seu ambiente personalizado, descontraído e íntimo, a decoração do Valverde faz-se de contrastes subtis, de pormenores luxuosos e de um espírito ao mesmo tempo clássico e cosmopolita. Cores sóbrias mas subtilmente jogadas com texturas de seda, tapetes e alcatifas a acrescentar conforto, mobiliário diverso, de peças antigas e modernas, conjugado com obras de arte e antiguidades, numa linguagem que se faz de passado e presente, para encontrar o melhor de ambos e se cristalizar num espaço de bom gosto, sofisticado sem ser opulento.

O Valverde é também a casa de Carla Sousa. No restaurante do hotel, singelamente nomeado Sítio Valverde, servem-se pratos tradicionais e clássicos portugueses, reinterpretados pela chef. Contudo, atendendo ao bem servir que caracteriza todo o hotel, existem também sugestões diárias que podem ser adaptadas a cada cliente. A decoração faz-se do mesmo ecletismo e bom gosto que marca os vários espaços do hotel, com a mistura de mobiliário clássico e moderno e a utilização de obras de arte e antiguidades. Com a capacidade de 27 lugares sentados, este espaço íntimo e igualmente exclusivo, serve pequeno-almoço, almoço e jantar, podendo estender o serviço ao luxurioso pátio do hotel.

Alvo de menções em artigos de importantes publicações, como a Condé Nast Traveller (“Hot List 2015”) ou o New York Times (“10 hotéis que o fazem sentir em casa”) e premiado com distinções como o Traveller’s Choice da Trip Advisor em 2016 ou Melhor Novo Hotel nos World Luxury Hotel Awards, o Valverde Hotel é um espaço único da hotelaria lisboeta, com personalidade vincada e de exclusivo e hospitaleiro luxo.  

  

Informações Úteis: 

Morada: Avenida da Liberdade, 164, 1250 – 146 Lisboa, Portugal

Telefone: (+ 351) 210 940 300

Site: http://www.valverdehotel.com/

Bestguide: Valverde Hotel

Exibições: 320

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço