CULTURA: A Monstra anda de novo à solta no 10º Festival de Animação de Lisboa

A Monstra, o 10º Festival de Animação de Lisboa, decorre entre 21 e 27 de Março de 2011 e podemos contar com Ideias, Artes, Experimentação, Encontros, Pessoas, sendo um festival Abrangente e com aposta Transdisciplinar.

 


Na conferência de imprensa ocorrida no cinema de São Jorge, Fernando Galrito, director artístico do festival, revelou o abrangente conjunto de actividades que transpõe a simples projecção de filmes no ecrã, com o intuito de captar novos públicos, principalmente jovem.


Foi destacado a competição de 60 minifilmes de animação – as curtíssimas, com duração máxima de 2 minutos, que permite a criação de espaços para a exposição de obras de jovens talentos, para “contar uma boa história em menos de dois minutos”. Fernando Galrito revela ainda que conseguiu “superar as expectativas”.


O festival contará com a competição de 85 curtas-metragens oriundas de estudantes de todo o mundo, seleccionadas de entre 700 recebidas pela organização.


2011 é um ano impar, e por esse motivo a Monstra realiza competições de longas-metragens de animação, com obras provenientes de estudantes nacionais e internacionais.

 

Destacam-se:

  • A história de amor entre Chico, um jovem pianista cheio de sonhos e Rita, uma vocalista com uma extraordinária voz, na Cuba de finais dos anos 40 (Chico & Rita, de Javier Mariscal, Fernando Trueba e Tono Errando);

 

  • A passagem pela teia aterrorizante de túneis de metropolitano de uma Europa sem petróleo (Metropia, de Tarik Saleh);

  • A história do Patinho Feio vista pelo russo Garri Bardin (The Ugly Duckling), entre outros filmes de animação.


A Monstra terá a Holanda como país convidado, o qual é destacado pelo seu cinema de animação com forte componente experimental, contando com a exibição de 2 produtos holandeses no início do festival.

O Japão será outro país em destaque, sob o qual serão destacados os 25 anos da fundação do estúdio de animação Ghibli por Hayao Miyazaki e Isao Takahata, cujo objectivo está centrado em “dar um sopro na mente dos criadores de anime”. O festival conta com 6 longas-metragens Japonesas de animação, das quais 2 terão estreia no grande ecrã.

 


Para além de projecções, a Monstra aposta espectáculos de dança e cinema, jazz, animação, masterclass sobre arqueologia e workshops com destaque para o realizador, animador e pinto Van Dijk, e Jacques Drouin, o “único no mundo a fazer animação com uma técnica chamada pinscreen ou animação com alfinetes”, sendo uma das técnicas de animação mais raras e complexas. Os filmes podem ser visualizados na Fundação Gulbenkian.

O festival também aposta em programação direccionada para famílias e escolas – Monstrinha –, com um conjunto total de 5 longas-metragens e 24 curtas que serão projectadas nas sessões ao fins-de-semana.

 


A Monstra existe há 12 anos e teve no ano passado 17 mil espectadores em filmes de animação e 32 mil em exposições, e pretende-se que ande "cada vez mais à solta em Lisboa” e fora dela com presença em 37 países, projecção de filmes portugueses no âmbito internacional e lançamento de diversos projectos ao longo do ano.

Foram estabelecidas parcerias com o Museu da Marioneta, com actualmente 2 novas exposições: Toile de Front (Fire Waltz), que mostra os bastidores do cinema de animação do filme com o mesmo nome que tem como pano de fundo a primeira guerra mundial, e Dodu, de José Miguel Ribeiro, que conta em cartão reciclado, a história de uma criança com sonhos tão bonitos que o levam (e a nós também) aos lugares mais fantásticos a criados pela sua infindável imaginação;

 

Foram formadas também parcerias com a Comissão para as Comemorações do Centenário da República, a Câmara Municipal de Lisboa, a EGEAC, o cinema de São Jorge entre outras entidades sem as quais a Monstra não poderia andar à solta mais uma vez pela cidade de Lisboa.

 


O 10º festival de animação de Lisboa decorre entre 21 e 27 de Março de 2011, no qual podemos contar com Ideias, Artes, Experimentação, Encontros, Pessoas, sendo um festival Abrangente e com aposta Transdisciplinar.

Na conferência de imprensa no cinema de São Jorge, Fernando Galrito, director artístico do festival, revelou o abrangente conjunto de actividades que transpõe a simples projecção de filmes no ecrã, com o intuito de captar
novos públicos, principalmente jovem.

Foi destacado a competição de 60 minifilmes de animação – as curtíssimas, com duração máxima de 2 minutos, que permite a criação de espaços para a exposição de obras de jovens talentos, para “contar uma boa história em
menos de dois minutos”. Fernando Galrito revela ainda que conseguiu “superar as
expectativas”.

O festival contará com a competição de 85 curtas-metragens oriundas de estudantes de todo o mundo, seleccionadas de entre 700 recebidas pela organização.

2011 é um ano impar, e por esse motivo a Monstra realiza competições de longas-metragens de animação, com obras provenientes de estudantes nacionais e internacionais. Destacam-se a história de amor entre Chico, um jovem pianista cheio
de sonhos e Rita, uma vocalista com uma extraordinária voz, na Cuba de finais
dos anos 40 (Chico & Rita, de Javier Mariscal, Fernando Trueba e Tono
Errando), a passagem pela teia aterrorizante de túneis de metropolitano de uma Europa
sem petróleo (Metropia, de Tarik Saleh), passando pela história do Patinho Feio
vista pelo russo Garri Bardin (The Ugly Duckling), entre outros filmes de
animação.

 

A Monstra terá a Holanda como país convidado, o qual é destacado pelo seu cinema de animação com forte componente experimental, contando com a exibição de 2 produtos holandeses no início
do festival.

 

O Japão será outro país em destaque, sob o qual serão destacados os 25 anos da fundação do Estúdio de animação Ghibli por Hayao Miyazaki e Isao Takahata, cujo objectivo está centrado em “dar
um sopro na mente dos criadores de anime”. O festival conta com 6 longas-metragens
Japonesas de animação, das quais 2 terão estreia no grande ecrã.

 

Para além de projecções, a Monstra aposta espectáculos de dança e cinema, jazz, animação, masterclass sobre arqueologia e workshops com destaque para Van Dijk e Jacques Drouin, o “único
no mundo a fazer animação com uma técnica chamada pinscreen ou animação com
alfinetes”, sendo uma das técnicas de animação mais raras e complexas. Os
filmes podem ser visualizados na Fundação Gulbenkian.

 

O festival também aposta em programação direccionadas para famílias e escolas – Monstrinha-, com um conjunto total de 5 longas-metragens e 24 curtas que serão projectadas nas sessões ao fins-de-semana.

 

A Monstra existe há 12 anos e teve no ano passado 17 mil espectadores em filmes de animação e 32 mil em exposições, e pretende-se que ande "cada vez mais à solta em Lisboa” e
fora dela com presença em 37 países, projecção de filmes portugueses no âmbito internacional
e lançamento de diversos projectos ao longo do ano.

 

Foram estabelecidas parcerias com o Museu da Marioneta, com actualmente 2 novas exposições: Toile de Front (Fire Waltz), que mostra os bastidores do cinema de animação do filme com o
mesmo nome que tem como pano de fundo
a primeira guerra mundial, e
Dodu, de José Miguel Ribeiro, que conta em cartão reciclado, a história de uma
criança
com sonhos tão bonitos que o levam (e a nós também) aos lugares
mais fantásticos a criados pela sua infindável imaginação; Foram formadas também
parcerias com a Comissão para as Comemorações do Centenário da República,
a Câmara Municipal de Lisboa, a EGEAC, o cinema de São Jorge entre outras
entidades.

Exibições: 352

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço