Muito se fala do dia dos namorados e de São Valentim, mas poucos são aqueles que conhecem a sua origem. Como a desconhecia  resolvi investigar e descobri que, embora existam muitas histórias com diferentes nuances, todas têm um ponto em comum.


São Valentim adquiriu grande prestígio por proteger os enamorados e realizar casamentos secretos e acabou por ser descoberto e chamado pelo imperador Cláudio II. Cláudio quis ouvir a justificação de Valentim e este terá aproveitado aquele encontro para tentar converter o imperador que acabou por condená-lo à morte.


A missão de executar Valentim foi levada a cabo por Asterius, um tenente que tenta pôr à prova a fé do sacerdote, perguntando-lhe se este é capaz de devolver a vista a uma das suas filhas, cega de nascença. O sacerdote aceita e faz o milagre. Asterius converte-se ao cristianismo mas não consegue salvar Valentim do seu martírio e este é executado a 14 de Fevereiro.


Durante o tempo que esteve preso, o carcereiro ter-lhe-á pedido que desse aulas à sua filha Júlia e Valentim apaixona-se pela rapariga. Na véspera da sua execução, entrega-lhe uma carta de despedida em que assina com as palavras "do teu Valentim". Foi aí que tiveram origem as cartas de amor e os poemas que se enviam actualmente com a expressão de despedida "From your Valentine".


A história de São Valentim poderia ter ficado só por aqui, mas alguns séculos mais tarde, a igreja católica resolveu recuperá-la como tentativa de pôr termo a um rito pagão de culto da fertilidade que era praticado na altura.


No final do séc. IIII A.C. os romanos pagãos prestavam homenagem através de um rito anual ao deus Lupercus. Os nomes dos homens e mulheres que adoravam este deus eram colocados no interior de uma urna e depois bem misturados. Uma criança escolhia um casal ao acaso e durante um certo período de tempo, não sabemos se todo um ano ou apenas durante o período das festividades, o casal escolhido teria que viver como marido e mulher.


Determinados a acabar com esta antiga prática, os padres precursores da igreja procuraram um Santo dos enamorados para substituir Lupercus. Assim encontraram um possível candidato em Valentim, um bispo que tinha sido martirizado cerca de duzentos anos antes.


O corpo de São Valentim está hoje na Basílica de São Valentim, na cidade de Terni, na conhecida Via Flaminia,a estrada que ligava Roma a Rimini.


São Valentim foi convertido em padroeiro de todos os enamorados e de todas as pessoas que querem viver um amor. O comércio fez eco desta celebração e criou-se um dia perfeito para celebrar o amor e aumentar as vendas de quem comercializa flores, postais, ursinhos de peluche e demais afins tão característicos deste dia.


Fontes:
http://polifonias.wordpress.com/2011/01/24/gustav-klimt-e-as-mulheres/

http://www.vatican.va/phome_po.htm
http://www.italysoft.com/flowers/sanvalentino.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_dos_Namorados

http://it.wikipedia.org/wiki/San_Valentino

http://www.allaboutpopularissues.org/portuguese/historia-do-dia-dos...

Nota: artigo publicado em Fevereiro de 2012

Exibições: 716

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço