CULTURA: Sabiam que o Jardim da Estrela já teve um leão?

Na realidade até teve um casal de felinos mas somente o macho (Panhel) sobreviveu. Doado por Paiva Raposo em 1870, o leão residia numa jaula no Jardim da Estrela o qual era carinhosamente chamado “Leão da Estrela” e “Rei do Deserto”.

 


A jaula tinha dois compartimentos: um diurno, onde era feita a exposição pública do animal, e outro nocturno, reservado para dormitório. Quando instalaram o “Leão da Estrela” os curiosos iam-se acumulando nos portões do Jardim à espera de uma oportunidade para o ver e ouvir rugir. Só na tarde do dia 17 de Maio de 1869, estimava-se que no Jardim da Estrela (posteriormente chamado de Guerra Junqueiro) estivessem entre nove a dez mil pessoas, generalizando-se as discussões entre os visitantes, com os detrás a protestar por os da frente não arredarem de junto do leão.

 

Infelizmente, muitos espectadores atiravam pequenas pedras e acenaram as bengalas, procurando agitar o animal. Tratou-se do primeiro de vários e sistemáticos incidentes.

 


No entanto, com o decorrer dos meses, o "Leão da Estrela" começaria a ter problemas nas patas devido à falta de exercício. Prolongando-se a situação, e posto que o leão apresentava visíveis e crescentes dificuldades de locomoção, foi decidida a realização de uma intervenção cirúrgica em Março de 1872, possivelmente uma das primeiras que se realizaram em Portugal a esse tipo de animais.

O Município ponderava alargar o âmbito expositivo e instalar novas jaulas no Jardim da Estrela, a fim de suportar outra espécie de felino, que poderia ter ficado na História como o “Leopardo da Estrela”, tendo sido estudada também, a possibilidade de mandar vir do Brasil uma colecção de aves exóticas, pelo que, na prática, se considerava que naquele Jardim poderia constituir-se um Zoológico, algo que ainda não existia em Portugal ou mesmo em Espanha.


No entanto, e apesar dos projectos que tinham sido equacionados para o Jardim da Estrela, o parque zoológico seria construído noutro local da cidade, enquanto o “Leão da Estrela” manteve-se como um pólo de atracção, rugindo e contemplando todo o seu público que tremia, escondia-se e fugia do perigoso animal selvagem.

Com o passar do tempo, o “Leão da Estrela” acabou por morrer. A última memória física desapareceu nos finais dos anos 20 do século XX, com o desmantelamento da deserta jaula, em frente da qual as multidões demonstraram um entusiasmo selvagem.

 

>>Leia também o meu artigo sobre a variedade da Flora e da Fauna do histórico Jardim da Estrela!

 

 

 

Exibições: 1423

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Filipe Amorim em 18 Fevereiro 2011 às 15:21
É verdade! Ele ficou vivo e marcado no filme com o mesmo nome! :-)
Comentário de Inês Sousa Almeida em 18 Fevereiro 2011 às 11:05

Não morreu, até fizeram um filme com o mesmo nome!

Eu passo quase todos os dias pelo Jardim da Estrela e não fazia a menor ideia, obrigada pelo contributo.

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10 Out.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9 Abr.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2 Abr.

© 2018   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço