PASSEIOS (cá dentro): Destinos Verdes

O verde está na moda mas eu espero sinceramente que se deixe de modas e que passe a ocupar lugar de destaque nos conceitos turísticos. Gosto cada vez mais de destinos verdes e considero que são um excelente complemento, ou alternativa, aos destinos de praia que, apesar de quase sempre ocuparem os imaginários de umas férias paradisíacas, acabam por se tornar redutores perante a imensidão do que há para descobrir.  Portugal é um país fantástico, com bastante potencial de oferta, embora ainda bastante tímido no aproveitamento do seu território em termos turísticos. Os destinos eco, de natureza, de montanha e outros afins, começam a ganhar relevo com a emancipação de estilos de vida saudáveis que encontram no ciclismo, nas caminhadas, nas escaladas, os principais motivos das suas viagens.

Neste meu périplo pelos destinos verdes, subi para norte com o objectivo de fazer o carro percorrer umas boas centenas de kms por entre as estradas da região do Douro, Trás-os-Montes e Minho. Uns dias no Porto, ajudaram a saciar o lado mundano e serviram de linha de partida para explorar os verdes da região (sim, vinhos incluídos, pois claro!). As únicas certezas que levávamos eram as dos locais onde iríamos dormir. De resto, a rota não obedeceu a planos para além da espontaneidade de cada instante. Poder decidir no momento com um simples “Vamos por aqui!”, confiando na intuição como conselheira para escolher os caminhos que parecem ter mais para oferecer, será, porventura, o melhor das viagens.  Assim, a lista de localidades visitadas não surgiu mandatada por guias mas somente por bons presságios. Se podia ter sido melhor. Ou diferente. Poderia, com certeza. Mas não nos desiludimos, nem um bocadinho, com a escolha.

A lista das localidades visitadas inclui os nomes que seguidamente se lista: Mesão Frio, Peso da Régua, Vila Pouca de Aguiar, Pedras Salgadas, Vidago, Boticas, Chaves, Ribeira de Pena, Vieira do Minho, Caniçada, Parque Nacional da Peneda-Gerês, Terras do Bouro, Braga.

Gostámos de tudo. Mas mesmo em tudo, há locais, sabores ou aromas, que ocupam mais espaço na memória porque nos enlevam, porque nos fascinam, porque nos fazem querer ficar mais tempo a vivenciá-los, porque nos fazem perder de amores.

Nesta viagem, perdi-me de amores:

Pelos Miradouros de Mesão Frio, Boticas, Pousada de S. Bento e Pedra Bela (Gerês);

 

 

Pela aletria da Adega Faustino;

 

Pelo silêncio que se ouve em comunhão com o céu nas montanhas de Vilarinho das Furnas (Gerês);

 

Pelas Eco Houses do Pedras Salgadas Spa and Nature Park  inseridos no bosque como um conto de fadas;

 

 

Pelas cerejas de Resende vendidas na beira da estrada;  

Pelas cascatas do Parque Nacional da Peneda-Gerês e o imaginário cinematográfico

Pela ruralidade, pela portugalidade e por outros substantivos que mostram o que é ser português.

Nota: artigo originalmente publicado a 17 de Junho de 2013

Exibições: 2155

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Tânia Barreira em 27 Junho 2013 às 12:22

Obrigada Rita!!! :D

Comentário de Rita S em 27 Junho 2013 às 12:14

Olá, Tânia. Ainda bem que gostou do artigo. A minha viagem durou 5 dias mas o tempo é sempre relativo dependendo daquilo que se quer ver e do tempo que se dedica a cada lugar. Se estivermos a falar somente do Gerês é um tempo suficiente mas se estendermos a visita a Trás-os-Montes e ao Douro poderá começar a ficar curto. Relativamente ao carro, não tinha qualquer característica de especial. Não sei se no Inverno poderá ser necessário algum cuidado com a neve, mas nesta altura do ano não é necessários cuidados especiais. Algumas estradas do Gerês são apertadas, pelo que um carro muito grande poderá dar menos "jeito", mas não será um impedimento. Os alojamentos foram todos reservados por mim, como aliás faço quase sempre pois permite-me gerir melhor os meus tempos e os locais a visitar. Para o Gerês sugiro que levem uma merenda e façam pic-nics em vez de tentarem os restaurantes pois existem vários parques de merendas e assim será possível usufruírem da natureza sem constrangimentos das horas de almoço. Bons passeios :)

Comentário de Tânia Barreira em 26 Junho 2013 às 14:58

ADOREI mesmo este artigo!! conta uma das minhas viagens de sonho!! 
tenho algumas perguntas, e espero não chatear muito com eles Rita, mas quanto tempo demorou a viagem? o carro deve ter alguma característica em especial? adoptaram algum pacote de alojamento ou foram reservas totalmente separadas umas das outras?
Rita, responda claro só ao que quiser! Seja como for, fico feliz por alguém como eu perceber o quanto os "destinos verdes" são completos! :)

Comentário de Rita S em 20 Junho 2013 às 17:52

Obrigada, Ana! :)

Comentário de Ana Tomasi em 20 Junho 2013 às 15:58

Adoro a tua selecção de verdes, Rita. Bem visto!

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço