GASTRONOMIA: Caipirinha, pra quê te quero?!

O calor pede um drink mais leve e tropical, não?! Com todas as letras, a pedida é a brasileiríssima Caipirinha! E para quem acha que caipirinha é só aquela tradicional combinação de lima, açúcar, cachaça e gelo, eu vou fazer uma proposta: que tal inovar?!

A seguir, algumas dicas para você saborear essa deliciosa bebida brasileira!

Regras gerais:
Para começar vamos a algumas regras gerais:
- açúcar: o açúcar é peça fundamental na caipirinha, e ele deve ser branco e refinado, não o amarelo que é costume usar aqui em Portugal. Esse açúcar traz um aspecto meio “sujo” à bebida, muda a cor original dela. Esqueça o amarelo, e invista no açúcar branco e refinado, a la Brasil!
- gelo: o segredo da caipirinha é o gelo. O gelo deve ser levemente moído para misturar-se mais facilmente ao corpo do drink. Se você só tem os famosos cubos de gelo disponíveis, junte-os em um saco plástico, pegue uma garrafa de vidro, e bata com o fundo da garrafa no saco com gelo. Essa técnica vai te ajudar a “moer” o gelo sem fazer muita bagunça!
- Socador: socador é aquela peça que usamos para “socar” ou “macerar” a caipirinha. A dica aqui é: acrescente o açúcar quando for macerar a fruta, pois é ele que dá o atrito, tornando o processo muito mais fácil.
- Misturador: também chamado de coqueteleira, é esse recipiente que vai receber todos os ingredientes e transformá-los na deliciosa caipirinha. Coloque tudo ali dentro e chacoalhe três ou quatro vezes, que já é o suficiente.

Desfile de caipirinhas
Agora que você já sabe como se faz a verdadeira caipirinha, vamos a algumas ideias de como incrementar a receita:

- bebida: a cachaça é a pedida para a caipirinha, mas há outras bebidas alcoólicas que também caem como uma luva. Experimente com vodka, a chamada caipiroska, ou com saquê, aquele fermentado japonês feito de arroz. Aqui em Portugal há quem beba com licor beirão; não me apetece, mas é uma opção.
- frutas: vá além da lima. Experimente o abacaxi (ou ananás), morango, maracujá, kiwi e a uva. Essas são as frutas que mais facilmente você encontra no mercado e que não vai encarecer muito o drink. Experimente também fazer combinações com mais de uma fruta: uva verde e uva rose são ótimas pedidas, assim como kiwi com abacaxi. Enfim, invente e experimente.

Outras dicas:
- Corte as frutas em pedaços médios, não muito pequenos. Isso facilita na hora de macerar: quanto menor o pedaço, mais fácil a fruta escapa do socador.
- Lima: descascar a lima é exagero e bobagem. A dica para não deixar que o gosto amargo é, ao fatiar a lima, corte o fio do meio e a parte superior e inferior, muito mais simples que descascar a fruta toda.
- Abacaxi (ou ananás): experimente acrescentar hortelã na mistura. Fica ótimo!
- Na caipirinha de morango, experimente trocar a vodka tradicional pela vodka preta. Fica SENSACIONAL!

Picolé nelas!
Para dar um toque ainda mais tropical a sua caipirinha a dica é o picolé! Para quem desconhece o termo, picolé é o bom e velho sorvete (ou gelado) de palito!
É simples assim: ao servir a caipirinha, mergulhe um picolé no copo. A ideia é chupar o picolé enquanto degusta a caipirinha. Combine o sabor do sorvete com o sabor da bebida e delicie-se: caipirinha de morango pede picolé de morango, a de lima picolé de limão e a de ananás picolé de abacaxi.

Vamos provar?!

Depois me contem o que acharam!

Ah, e bebam com moderação, ok?!

Exibições: 3638

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Altis Belém Hotel & Spa em 1 Agosto 2011 às 18:22
Caipirinha com vista tejo no Bar 38º41´do Altis Belém Hotel & Spa
Comentário de Tânia Barreira em 13 Julho 2011 às 21:14
awww o que eu gosto de caipirinha.. é tão bom!! tanto no verão como no inverno! :)
Comentário de Natasha Bin em 12 Julho 2011 às 14:18
Caipirinha que é caipirinha é brasileira, nascida no estado de São Paulo, e NÃO leva açúcar amarelo!
Comentário de Joana Schmidt Costa em 11 Julho 2011 às 16:49
Caipirinha com açucar amarelo uber alles!! :)
Comentário de Inês Sousa Almeida em 11 Julho 2011 às 15:09
Caipirinha que é caipirinha é feita com açúcar amarelo, gelo picado e "mexida" com um pilão, sem shaker.
Comentário de Rosana Pereira em 17 Maio 2011 às 17:20
Com os dias a aquecerem só apetece mesmo uma caipirinha :)
Comentário de Inês M.C em 29 Março 2011 às 18:31

Excelente artigo....

:-D  :-D  :-D

EU AMO!!!!

Tenho que confessar que sou mais fã das Capiroskas, isto é, das regadas com o Vodka e não com a Cachaça, mas com Saké também recomendo para quem gosta da coisa mais suave...

Com Manga também é óptimo (Mangoska( e para quem não experimentou e não gosta muito do sabor forte do álcool, experimentem mesmo a que está acima falada, Caipirinha OU Caipiroska mas com VODKA PRETO que sabe a frutos silvestres e é de beber e chorar por mais.....é muito bom mesmo...

Sítios fixes: Cena de copos (morangoska); Fiéis ao Bairo (que tem aqueles copos XXL - Quase que basta uma, se é que me entendem lololol)

Comentário de Natacha Costa em 29 Março 2011 às 12:37
Ui... caipirinhas e verão combinam mesmo =) adoroooo! A "original" de lima e a de frutos exóticos são as minhas preferidas... Natasha pensava que a Caipirinha era mesmo feita com açucar amarelo...Eu gosto de caipirinha e ponto... seja com açucar branco seja com açucar amarelo... é bom na mesma... o que muda é a cor =) Obrigada por me ensinares os truques para uma "verdadeira" caipirinha =)
Comentário de Joana Sá Pinto em 29 Março 2011 às 11:41
Ui, Natasha. Nem é Verão, nem tenho o hábito de beber a esta hora da manhã, mas o teu artigo deixou-me com água na boca! A ideia do gelado, então, é perfeita! Que venham as noites quentes, rápido!
Comentário de Maria Claudia Rocha Ferreira em 29 Março 2011 às 11:19
Ai que nunca mais é Verão!!!;p

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço