VIAGENS (lá fora): Islas Cíes, um paraíso isolado

Rumo ao norte de Portugal, saímos do país por Valença do Minho, entrando em Tui, Espanha. A partir daí seguimos em direcção a Vigo, onde iremos embarcar numa viagem com selo de qualidade e exclusividade. Exclusividade porque apenas é permitida a entrada diária de 2500 pessoas na ilha, pelo que devem comprar os bilhetes com antecedência, caso contrário arriscam-se a ficar a ver navios, literalmente!

Os bilhetes podem ser comprados presencialmente, no porto onde partem os barcos, ou on-line, conforme for melhor para cada um. O preço esse já é outra história. Cada adulto paga 18,50 €, englobando a viagem de ida e volta. Sim, eu também achei o preço um pouco elevado, mas posso-vos garantir que depois de chegar à ilha esse sentimento foi substituído por outro completamente diferente. A meu ver, valeu cada cêntimo a ida aquela ilha!

Durante a travessia, se tivermos sorte, podemos observar golfinhos, um espectáculo sempre digno de se ver, nem que seja pelos saltos acrobáticos que eles dão enquanto acompanham o barco. Já aqui começamos a ter um vislumbre da natureza no seu melhor estado: em liberdade.

Chegando à ilha somos confrontados com a deslumbrante praia de rodas, a maior praia da ilha. Esta é a mais próxima do cais e a que tem obviamente mais pessoas, no entanto existem mais outras duas. Uma delas destina-se ao nudismo, enquanto que a outra se enquadra mais naqueles que pretendem uma praia mais isolada e em verdadeiro contacto com a vida animal.

Mas não é só a praia que dá fama à ilha, também existem imensos percursos pedestres, um observatório de aves e um farol. Todos de fácil acesso, contudo recomenda-se calçado apropriado e vontade para fazer uma boa caminhada, pois alguns locais, como o farol por exemplo, ainda ficam a alguns quilómetros de distância, sim a ilha não é pequena!

Eu e a minha namorada tivemos o azar e a sorte, de no dia em que fomos estar um tempo nublado e com queda de aguaceiros. Azar pois não desfrutamos das praias como queríamos, sorte pois permitiu-nos ir explorar a ilha sem aquele calor abrasador. No fundo aproveitamos bem o dia.

Hei-de lá voltar com o tempo melhor, mas não deixei passar a oportunidade de dar um mergulho naquelas águas maravilhosas. Devo acrescentar que eram águas extremamente límpidas, como aquelas que encontramos na Serra do Gerês.

Deixo aqui um pequeno vídeo da minha ida à ilha.

A saber:

  • Caso necessitem de estacionar o carro em Vigo, tenham em mente que não é fácil e paga-se em quase todos os sítios. Podem deixar num dos vários parques privativos mesmo ao lado do cais, ou optar por deixar mais longe, perto de uma bomba de combustível da Repsol onde não se paga, e virem a pé até ao cais. É uma caminhada de cerca de 10-15 minutos.
  • A viagem de barco demora cerca de 45 minutos se saírem do porto de Vigo.
  • Ao contrário da sua irmã, a Isla de Ons, os parques de campismo desta ilha pagam-se e são ligeiramente um pouco acima do normal, como seria de esperar.
  • A ilha não tem transportes como é óbvio, pelo que todas as deslocações são feitas a pé. Têm uma opção à chegada de requisitarem um carrinho caso levem muita coisa para acampar, assim o transporte fica mais fácil e cómodo.
  • Existem restaurantes na ilha, assim como um mini-mercado, mas fica sempre mais em conta levarem já coisas com vocês. A ilha está bem equipada com pontos de turismo e postos da cruz vermelha, não se preocupem que apesar de estarem no paraíso continuam a ter assistência caso precisem.

 Artigo em PDF: Islas Cíes.pdf

Exibições: 662

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço