Considerando que o mundo e os seus países estão a mudar a um ritmo bastante elevado, a preferência das pessoas também acaba por mudar em todos os aspetos e em particular no que diz respeito a férias. Isto porque não só, em muitos casos, o orçamento está menor para as mesmas como, noutros casos, o que se pretende é fazer algo que não se possa fazer no seu país ou cidade. Nesse sentido, o turismo de jogo tem ganho uma dimensão bastante expressiva nos dias que correm.

 

Isto é, jogadores que viajam por torneios específicos de algum jogo ou vão a qualquer lugar para usufruir dos melhores casinos/resorts que o mundo tem apenas para aproveitar todas as extravagâncias que estes luxuosos casinos têm. Em Portugal, existe o Casino Estoril, sendo provavelmente o mais conhecido, no entanto, com casinos nas principais áreas turísticas na costa Portuguesa o nosso país está bem servido no que em termos de casinos diz respeito. Ainda assim, não existe uma indústria de turismo focada apenas nos casinos e a grande maioria são “apenas” casinos e não com a vertente de hotel ou resort e isso talvez ajude a explicar este facto. Também o facto de o interior do país não ter nenhum casino e muitos dos locais em que eles se situam tem outros atracões que são consideradas principais (praias, monumentos, etc.) ajuda a que esta vertente não seja uma prioridade em Portugal.

Ainda assim, para quem pretende experimentar este tipo de turismo ou quem tenha possibilidades existem autênticos paraísos em termos de resorts/hotéis/casinos e que estão inseridos em locais fantásticos. A mítica Las Vegas, o Mónaco (Monte Carlo), Chipre, Malta, entre outros são alguns dos destinos de eleição. No entanto, em termos de cultura de oriente ou asiática apenas a Austrália apresentava opções válidas neste sentido. Ao aperceber-se desse facto, o governo Chines optou por tomar uma decisão que está a dar frutos com Macau. Esta pequena ilha é a que detém o maior número de casinos e máquinas per capita (por pessoa) no mundo todo, superando a famosa Las Vegas. Chega a gerar mais receitas pelos seus casinos que é superior a 45 bilhões de dólares que se estima ser 7 vezes superior ão gerado em Las Vegas. Andar num casino na Meca de jogo da China, Macau, a primeira coisa que chama a atenção é o silêncio. Não há nenhuma música estridente, não se ouvem gritos agudos de vitória, tudo quanto se ouve é o farfalhar de roupas, alguma conversa silenciosa, e o bater ocasional em alguma mesa - sinais subtis de fortunas ganhas ou perdidas. Se Las Vegas é um monumento gritante para o sonho americano de infinitas possibilidades, Macau, o único lugar na China onde o jogo é legal, é o contraponto chinês um verdadeiro templo para a aquisição de extrema riqueza por qualquer meio necessário. O crescimento do jogo físico, bem como, o aumento de jogo e apostas online faz com que este destino seja considerado chave para este tipo de eventos. Isto porque o mercado Asiático não tinha, até Macau, nenhum ponto extremamente apelativo em termos de casinos físicos e além da grande maioria da população do planeta estar situada nesta área, a grande fatia de jogadores de póquer, roleta, blackjack e slots online em sites de casinos na Internet está situada precisamente aqui. Como tal, era algo que necessitava e faz sentido que seja assim aplicado.


Apostas de vários milhões de libras e voos em jatos privados são comuns, assim como as sugestões de lavagem de dinheiro e ligações ao crime organizado. Liderando a transformação está o Venetian Macau, o maior casino do mundo (51.000 metros quadrados), situado num dos maiores edifícios do mundo. Veneza é muito longe para a maioria dos turistas chineses, mas o Venetian oferece um substituto acessível. Durante o Natal, 120 mil visitantes por dia caminham pelas suas instalações e ruas italianas e enchem as suas 3.000 suites de hotel. Existem cerca de 200 artistas, incluindo acrobatas russos, bielorrussos, flautistas e estrelas da ópera filipinos que murmuram canções populares chinesas a partir de gôndolas do terceiro andar onde existe o grande canal da estância. Lá em cima, um céu azul artificial controlado por computador foi criado ao anoitecer.

 

Ao aperceber-se deste crescimento e sucesso o Japão que irá organizar os jogos olímpicos de 2020 já anunciou que irá legalizar o jogo até a data desses jogos e conta com investidores dos principais casinos norte americanos e australianos interessados em investir no seu país. Assim, esta é uma altura de, caso possa, ou seja um interessado neste tipo de turismo, visitar a nova meca do jogo e perceber o que os gigantes Asiáticos estão a fazer para ultrapassar os seus concorrentes e congéneres Ocidentais.

 

Exibições: 437

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço