PASSEIOS (cá dentro): Sagres à beira mar plantado

Sagres é a localidade portuguesa situada no ponto mais ocidental do país e está inserida no belissímo parque natural da costa vicentina.

Chegar ao concelho da Vila do Bispo é experimentar um Algarve diferente, um Algarve descontraído, mais natural e envolto num misticismo único. Uma região onde a natureza selvagem por desvendar se alia a um património cultural muito rico, pronto para ser descoberto.

Terra dos Descobrimentos, Sagres é uma pequena vila muito simpática que se caracteriza pela simplicidade e pela boa energia que transmite. Essencialmente piscatória, nesta vila as pessoas aproveitam o que de melhor o mar e a terra têm para oferecer, o que proporciona uma gastronomia tipicamente algarvia, muito rica, saudável e variada. Os alimentos em destaque são peixes e mariscos variados, carne de caça, os doces regionais confeccionados à base de amêndoa, gila e ovos, e os licores tradicionais são o medronho e a aguardente de figo.

Esta localidade não é apenas conhecida pelos seus atributos óbvios mas, principalmente, por ser a “terra do vento”! Sabe quem já lá esteve a que me refiro. Aqui os ventos encontram-se e desencontram-se, envolvem-se e lutam entre si, varrendo tudo à sua passagem. Por esse mesmo motivo, esta zona é das mais procuradas pelos surfistas. Aqui situam-se dos mais belos paraísos do surf português. Do alto das grandes e retalhadas falésias pendidas sobre o mar, vislumbram-se enseadas, baías e as mais sublimes praias de mar revolto, onde as ondas são constantemente rasgadas pelas rápidas e ágeis pranchas de surf.

 

Uma região a explorar, um verdadeiro paraíso não só para surfistas mas para todos os amantes da natureza, dispostos a percorrer caminhos incertos, escalar falésias, contactar com vários animais como raposas, linces, águias ou golfinhos, e ainda andar constantemente com o cabelo ao vento. Com uma gastronomia deliciosa, características favoráveis à prática dos mais variados desportos (trecking, vela, passeios de barco, pesca, mergulho, windsurf, surf, kitesurf e golf), boas ondas e praias desertas onde estas praticamente não se manifestam, este destino tem tudo para agradar a gregos e a troianos.


Esta região caracteriza-se também pelo seu legado histórico, que inclui várias dezenas de menires erguidos entre 3000 e 4000 A.C. comprovando a presença humana neste território desde o período Neolítico, e pelo património cultural de grande importância histórica. Entre os vários locais sagrados destaca-se a Fortaleza de Sagres que, construída a mando do Infante Dom Henrique com o objectivo de enviar as suas embarcações rumo à descoberta, é hoje uma das maiores atracções da região. Considerada monumento nacional, foi construída no século XV e é composta pelo torreão, pela igreja Nossa Senhora da Graça e por uma rosa-dos-ventos com cerca de 43 metros de diâmetro desenhada no chão. A Fortaleza oferece uma vista esplendorosa sobre o Oceano Atlântico e sobre as arribas escarpadas onde as ondas batem violentamente. O vento invade-nos com um intenso cheiro fresco a maresia que nos limpa os pulmões e purifica a alma. Aberto ao público, este local é muito visitado pelos curiosos mas também por todos aqueles que buscam paz e harmonia nos seus pensamentos mais profundos.

 


A cerca de 6 km de Sagres situa-se o famoso Cabo de São Vicente, o ponto mais a sodoeste da Europa, onde a costa ocidental se encontra com a recortada costa meridional. Apelidado de “Promontorium Sacrum” pelos romanos, era considerado um local sagrado, dedicado ao Deus Saturno e só podia ser visitado durante o dia, pois a noite era reservada aos deuses. Este “fim do mundo”, fustigado constantemente pelas ondas furiosas e traiçoeiras que cavam grutas a cada investida, teve outrora uma grande importância para os navegadores da época dos Descobrimentos que seguiam a luz do altivo farol á beira abismo plantado.


Perfeito para quem quer aproveitar o calor na praia, provar a gastronomia típica, beber um copo nos bares chill out e dançar ao som do reggae. Imperdível para os apreciadores da natureza, do mar selvagem, da calmaria e da simplicidade. Um lugar sagrado, abençoado pelo mar e adoptado pelo vento.

 

 

Guia de praias:

Burgau

Cabanas Velhas

Boca do Rio

Salema

Figueira

Furnas

Zavial

Ingrina

Barranco

Martinhal

Mareta

Tonel

Beliche

Telheiro

Ponta Ruiva

Castelejo

Cordoama

Barriga

Murração

 

 

Festas
22 Janeiro - Festa de S. Vicente na Vila do Bispo
24 Março - Festa de Nossa Senhora da Encarnação
28 Junho - Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
13, 14 e 15 Agosto - Festas de Sagres - Padroeira Nossa Senhora da Graça
20, 21 e 22 Agosto - Festas de Burgau
7, 8, 21 e 22 Agosto - Festas de Barão de S. Miguel
29 Agosto - Festa do Banho 29
2º fim-de-semana de Setembro - Feira anual e festa na Raposeira
3º fim-de-semana de Setembro - Feira anual na Vila do Bispo
8 Dezembro - Festa da Nossa Senhora da Conceição

 

 

Especialidades gastronómicas
Percebes
Moreia Frita
Massada de peixe

 

 

Onde dormir

Parque da Floresta 
Vale do Poço - Budens

Budens
8650-080 - Vila do Bispo 


Martinhal Beach Resort & Hotel
Quinta do Martinhal, Apartado 54
8650-908 Sagres - Portugal
Tel.:282 240 200

Pousada do Infante
Dr. João Portugal
8650-385 Sagres
Tel.: 282 620 240

 

Navegador
Rua Infante Dom Henrique
8650-376 Sagres
Tel.: 282 624 354

 

 

(Fotos retiradas de www.google.pt)

Exibições: 1808

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Erica Duarte em 24 Fevereiro 2011 às 1:21
Ao Sagres Surf Fest :) Adoroo!
Comentário de Hugo França em 23 Fevereiro 2011 às 14:54
Adoro Sagres, fui a 2 anos atrás a um festival e este ano tb vou.
Comentário de Erica Duarte em 22 Fevereiro 2011 às 21:00

Sagres é, sem dúvida, uma zona a visitar no algarve. Menos caótica que os sítios mais turisticos, mas igualmente bela :)

Comentário de Filipe Amorim em 22 Fevereiro 2011 às 15:38
É um local a visitar quando voltar ao Algarve
Comentário de Maria Costa Domingues em 22 Fevereiro 2011 às 15:36
Fui a Sagres há dois anos atrás. Espero voltar este Verão à "terra do vento".
Comentário de Aldeia da Pedralva em 22 Fevereiro 2011 às 15:00
Podem tambem ficar na Aldeia da Pedralva... Turismo de aldeia... 24 casas típicas numa aldeia que resurge das cinzas !!! Vale a pena !!!

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5. Jan, 2021.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2022   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço