Salonicá retrata um pouco o que é ser bon vivant, e conseguir retirar o máximo proveito daquilo que de melhor, a vida nos oferece.


A manhã deve ser passada obrigatoriamente numa das numerosas pastelarias que se espalham ao longo de cada rua, ao virar de cada esquina. Os doces são magníficos e embora o preço algo exagerado, vale bem a pena provar o máximo que a barriga(e a linha) permitirem. Há bolos de laranja com chocolate(já provei e rezei por mais), e outros que embora não sejam tão bons, porque o meu paladar é pouco impressionável a coisas sem chocolate e/ou açúcar, merecem ser provados! Se ainda tiverem tempo, podem caminhar pelas escadas que ligam toda a zona antiga da cidade, até ao centro de uma forma extremamente consciente e original. A vista dos pontos mais altos, como já vos falei, é magnífica, e independentemente da quantidade de vezes que seja apreciada, fica sempre algum pormenor despercebido, daí que tenhamos vontade de olhar novamente para descobrir. A hora do almoço aqui é algo indefinida, até porque vi restaurantes cheios ás 16:00 e outros que a essa hora se preparam para encerrar até há hora do jantar, por isso, qualquer que seja a hora que decidam almoçar, encontram sempre algo disponível. O meu conselho recai numa boa salada, de preferência com molho de maionese e iogurte natural(sim, eu sei que não soa a algo compatível e delicioso, mas depois comentem na hora que decidam provar!).


A tarde, bem, deve ser passada nas compras. Salónica deve ser a cidade do mundo com mais lojas por rua, e há roupa, calçado, roupa interior, roupa de praia...tudo o que possam imaginar, desde os preços mais exorbitantes, até aos mais económicos. Neste capítulo as mulheres são as mais beneficiadas. Para vocês, leitoras, Salónica é um autêntico paraíso! A roupa é tão diversificada que certamente quererão comprar uma peça(ou mais) em cada loja, e acreditem que não sairão com as carteiras vazias. Para nós homens, poucas foram as aventuras pelas lojas, e o máximo que consegui comprar foi um par de sapatilhas, e o resto nem o prazer de experimentar tivemos, uma vez que os preços eram caros demais para o meu remediado bolso português.


Após uma extensa caminhada devido ás compras, certamente que se vão sentir cansados e com sede, e é aí que aconselho provarem Frappé. O gosto é duvidoso, mas revigorante!


A noite aqui é sem dúvida a melhor fase do dia. Toda a gente sai de casa cedo, por volta das 19(quando começa aos poucos a cair o sol sobre o mar), os Tessalonicenses saem produzidos e prontos para enfrentar a noite ao longo dos incontáveis bares à beira-mar, cada qual com a sua esplanada, cada esplanada com o seu tema.

 

 
É a fusão de tudo aquilo que Salónica representa, vista ao longo de toda a rua junto ao mar. Um mundo de diversidades e de criatividade, misturado com uma necessidade de ostentar(já que é tudo muito caro, mas mesmo assim aqui não se olha ao preço quando é para mostrar que se vive bem, nem que só na aparência).

Exibições: 181

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5 Jan.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2021   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço