PASSEIOS (cá dentro): Tejo, um rio de segredos por revelar

Esta é altura do ano em que a temperatura convida a sair da rotina, em que apetece partir à aventura, à descoberta do mundo. E o mais desconhecido, o mais exótico dos mundos está mesmo aqui ao lado.

A menos de 40 minutos de Lisboa e a menos de 30 de Santarém, está um dos mais desconhecidos e bem preservados lugares de Portugal. Uma paisagem natural que nos surpreende e nos enfeitiça. Aqui podemos respirar, encher os pulmões de ar puro e deixar-nos "ir" nos nossos pensamentos.

Lugar onde tudo ainda está por descobrir, um mundo que só quem conhece sabe realmente do que estamos a falar. Ilhas de todos os tamanhos e feitios, milhares de aves de dezenas espécies, cavalos Lusitanos, cavalos Sorraia, vacas, tudo a viver em muito perto do Paraíso.

Não estamos a falar num local, num pais distante daqueles que costuma aparecer em revista de viagens. Estamos a falar do rio Tejo, no Escaroupim – Salvaterra de Magos, mesmo aqui ao lado.

 

Se aqui não o paraíso, estamos de certeza muito perto

Sentimos sempre que estamos num outro lugar bem longe, perdemos muitas das nossas referências do quotidiano, as horas,

e o tempo aqui não são muito importante. Aqui o que conta é momento, o rio e a paisagem são demasiados "grandes" e surpreendentes. Ao navegar nele libertamos os nossos problemas à medida que vamos zigezagueando por entre linhas e canais secundários.

O encanto do rio Tejo está em conhecer os detalhes, em navegar por aqueles pedaços de rio esquecido no tempo. Uma árvore, um grupo de lírios floridos, um pequeno troço do rio longe dos olhares, são todos eles "lugares mágicos" para registar em formato digital.

Todos eles lugares desconhecidos, longe nas rotas navegáveis, quem passa pelo meio do rio não dá por eles. São pedaços do rio de outros tempos, pequenos recantos únicos e cheios de encanto, lugares que é preciso dar a conhecer e a descobrir mas com muito cuidado, porque a cima de tudo temos que os preservar o rio e o lugar.

 

Uma paisagem de um encanto que nos deixa sempre enfeitiçados. Aqui podemos respirar, encher os pulmões de ar puro e deixar-nos "navegar" nos nossos pensamentos.  

Ao final do dia, no passeio das 17h, o entardecer é algo em “grande”: o rio Tejo em tons fogo, é verdadeiramente fantástico. Nesta hora do dia, a natureza tem outro encanto, a luminosidade no rio Tejo é mais intensa, e as aves estão de regresso a “casa”. A natureza entra em harmonia e sente-se um paz total. Navegar ao entardecer são momentos únicos que nos enchem o interior de energia e paz. Sem pressas, sem correrias, sem stress. Este é o nosso lema e nossa promessa: O rio Tejo como nunca o viu.

Ao terminarmos os nossos passeios de natureza Rio-a-Dentro, os nossos clientes vêm sempre com um sentimento de paz e plenitude. Descontraídos. Como diz um amigo nosso "em vez de ir ao psicólogo, vou andar de barco". Na sabemos se é a mesma coisa, mas que nos sentimos sempre mais "leves" é bem verdade.  

Enquanto ficamos à espera que seja comprovada a sua teoria, venha "experimentar" um dos nossos passeios de natureza para sentir os seus efeitos.



Para saber mais informações ou reservar o seu lugar ligue, 91 58 80 518 ficamos à sua espera.

Saiba mais sobre nós no  Facebook:

https://www.facebook.com/pages/Rio-a-Dentro-Natureza-Experi%C3%AAnc...

Exibições: 796

Tags: actividades, passeios (cá dentro), passeios de barco, tejo

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Rui Domingos em 31 Maio 2012 às 9:57

Bom dia Luís,

o rio Tejo tem essa característica, é preciso um conheço-lo bem para lhe conhecer as suas manhas, os seus encantos e os seus recantos mágicos. E acredite que à muita beleza a precisar de ser reconhecida.

Nós fazemos muito passeios à medida dos interesses do cliente, (fotografia, aves, natureza, familiar, etc). Mas o nosso passeio padrão tem a duração de 2h30 e um custo de 25€ pax. E deve ser feita reserva por mail ou por telefone 91 58 80 518.

Deixo-lhe o nosso mail (Rio.a.Dentro1@gmail.com), por favor envio-nos o seu e nós teremos todo o prazer em enviar-lhe toda a informação.

Esperamos tê-lo brevemente a bordo.

ruiD.

Comentário de Luis Marques Cotonete em 31 Maio 2012 às 7:08

De fato, passear no Tejo, só com guia. Não só pela inacessibilidade, pois é preciso um barco, como pelo desconhecimento que temos de um rio que todos os dias vemos, mas raramente o atravessamos.

Como é que vocês funcionam e quais são os vossos preços.

Siga-nos no Facebook

Sugestão BestGuide

Eventos em Destaque

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...