VIAGENS (lá fora): As melhores estâncias de esqui do mundo

Se é daqueles que almeja todo o ano pela chegada dos primeiros flocos de neve, um artigo sobre as melhores estâncias de esqui vai lhe saber como pão para a boca. Entre nesta viagem pelo mundo fora e comece a pensar tirar o pó aos esquis.

 

Vail

Vail, no Colorado, é a estância de esqui mais bem preparada do planeta. Tem a maior escola de esqui do país, com mais de mil instrutores e aulas para vários níveis. Não tem de se preocupar com a estadia, os locais onde poderá dormir são tão abundantes como os flocos de neve. E nem só de desporto de inverno se faz este local. O menu, sazonal e construído por ingredientes essencialmente locais, é outra forma de conhecer um pouco mais de Vail. Truta e alce são os reis da ementa, sem esquecer um copo de vinho.
Este local é também o palco para alguns dos melhores eventos de inverno, tal como Snow Daze, uma celebração de uma semana com demonstrações, DJs e shows ao vivo.

 

Sqaw Valley
Rodeado por 6 montanhas, Squaw Valley é composto por 4 mil hectares esquiáveis. É uma maravilhosa mistura de pistas, umas fáceis, outras que não estão assinaladas e umas mais intensas e desafiadoras. Em 1960, foi a montanha escolhida para os Jogos Olímpicos, o que acabou por elevar esta estância a nível internacional. É um dos poucos locais onde o esquiador pode escolher o seu próprio terreno para esquiar, o que confere uma certa liberdade, sem esquecer que, assim, não há mapa de pistas, simplesmente um guia de montanha que marca o local dos elevadores, lojas e instalações. E nas redondezas encontrará facilmente um local onde dormir e se aquecer, por um preço razoável. Para quem gosta de “ovos com todos”, o Squeeze In é um paraíso. Com um menu com 63 omeletes disponíveis, haja galinha para tanto ovo. E para os que não se entendem com os esquis, podem queimar algumas calorias a patinar no gelo no Pavilhão Olímpico, ou aproveitar para um passeio num trenó puxado por cães, como nos filmes.

 

Big Sky

A cerca de 50 km a noroeste de Yellowstone National Park, a estância Big Sky oferece uma vista majestosa e uma grande variedade de pistas, tanto para especialistas como para praticantes intermédios ou iniciantes. Mais de cinco mil e quinhentos hectares onde pode esquiar.  Se quiser ficar próximo da estância, poderá optar por se alojar em casas de madeira pitorescas, com muito requinte e para se abrigar do frio. E para aquecer o estômago, tem mais de 20 restaurantes e cafés à disposição. Se apenas quiser petiscar, tem à disposição a Blue Moon Bakery, onde pode comprar pão fresco, bolos, pizzas, sandes, sopas e saladas. E se quiser optar por outras actividades, pode incluir no seu roteiro passeios a cavalo, passeios de trenó e tirolesa. Se a sua agenda só permitir visitar Montana durante o Verão, pode disfrutar do local a pescar, dar um passeio de bicicleta pela montanhas, jogar golfe ou fazer alpinismo.

 

Cortina d'Ampezzo

Damos um saltinho à Europa. Cortina d'Ampezzo, em Itália, é uma das estâncias de esqui mais antigas e mais elegantes do Mundo. A três horas de Veneza, está situada num vale a cerca de 4 mil pés de altitude e está rodeada por encostas. Em 1956 foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno.
As encostas de Cortina estão decoradas com pequenos abrigos construídos ao longo do século passado para albergar pastores e caminheiros. Hoje estes refúgios foram convertidos em bares, restaurantes e hotéis, com interiores rústicos e com lareiras crepitantes, onde os esquiadores chegam, famintos, com as botas e as luvas molhadas e onde se deliciam com comida italiana tradicional caseira. Se pensar em compras, as lojas em Cortina d'Ampezzo são para o clientes ricos e sofisticados.

 

Chamonix

Chamonix, em França, foi o local dos primeiros Jogos Olímpicos de Inverno, em 1924. Perto do cruzamento entre França, Itália e Suíça, oferece uma vista deslumbrante, composta por mais de 30 mil hectares esquiáveis. A dormida pode ser feita numa pousada, num chalé, num hotel ou até em residências privadas, destinadas a esse propósito. Se optar por ficar hospedado pela cidade, poderá desfrutar da vida noturna. E as compras aqui são reservadas àqueles que gostam de comprar alimentos e arte ao ar livre, a combinação perfeita para esquiadores famintos. Para quem não se equilibra em cima dos esquis, pode apreciar a beleza de Chamonix com escaladas no gelo, caminhadas, passeios de trenó e trenós puxados por cães, e maravilhar-se com a vista para a montanha, sem se preocupar com o equilíbrio para a descida.

 

Mont Tremblant

Mont Tremblant é a primeira estância de esqui do Canadá, e a segunda na América do Norte. Abrangendo 373 mil hectares, dispõe de motas de neve e trenós puxados por cães, e amplas acomodações, desde os práticos condomínios, a suítes e hotéis. O menu não se limita à cozinha francesa, se bem que poderá encontrar mais de 50 variedades de crepes na Creperie Catherine. Uma atentado à dieta. Pratos asiáticos e italianos também se encontram, tal como cafés, lojas de doces e cervejas originais fabricadas no local. E no casino da estância pode optar jogar com as suas poupanças ou manter a abordagem frugal e desfrutar de um café ou de outra bebida suave. E um passeio de gôndola proporciona uma vista panorâmica sobre as Montanhas Laurentian. E como as temperaturas podem gelar até ao sabugo, terá sempre desculpa para um chocolate quente durante o inverno amargo.

 

Jackson Hole

Jackson Hole, já ouviu falar? São 2500 hectares esquiáveis de trilhas desafiantes e terrenos íngremes. Os amantes de snowboard vão adorar o novo Burton Stash Park, que voltou às raízes do snowboard através da criação de parques de freestyle snowboard em terreno natural, utilizando apenas produtos de madeira local. Eleva o impacto deste desporto na estância e reduz o seu impacto no meio ambiente. Pousadas, “bed and breakfast”, hotéis, motéis, aluguer de casa privadas, condomínios ou pousadas rústicas são opções viáveis quando necessitar de descansar. O que torna esta cidade interessantíssima e muito rica a nível cultural são as suas galerias de arte. A Galeria Meyer-Milagros é um bom exemplo de um bom trunfo no mercado de arte em Jackson, e não deve desperdiçar a oportunidade de passar por lá.
No verão, um passeio pelo rio Snake permite avistar alces, ou descer o rio, para os mais aventureiros.

Exibições: 856

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Eventos em Destaque

Junho 2020
DSTQQSS
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930
       

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço