VIAGENS (lá fora): Hotéis fora do comum

A maioria inspira-se nas formas da natureza ou em conceitos amigos do ambiente. O seu design é diferente e, por si só, fora do comum, mas basta olharmos para algumas fotos para nascer em nós uma louca vontade de abandonar tudo e passar uma noite nestes hotéis fora do comum.

 

Le Vent des Forêts (França)

Estes quartos situados em La Meuse (a uma hora de Paris) permitem a comunhão perfeita com a natureza. São quartos ecológicos que oferecem todo o conforto essencial para o repouso. Acabamentos em acácia integram na perfeição as estruturas no bosque, o que o torna parte integrante da natureza.

As estruturas são móveis, podendo ser transportadas de um lado para o outro da floresta, sem causar impacto no local.

DROP Eco-Hotel

O seu nome advém de uma gota de água (drop), uma forma orgânica e natural que inspirou este micro hotel móvel pensado para ser instalado nas mais diversas localizações e terrenos.

Para além da sua mobilidade, este projecto ainda apresenta um conjunto de funcionalidades amigas do ambiente. Uma das funcionalidades mais interessantes são as janelas, que podem ser abertas por completo, deixando entrar totalmente a paisagem circundante e  aproveitando não só a luz do sol como também o ar para climatizar o espaço.

Surpreendentemente confortáveis, estes hotéis móveis foram criados a partir de um projecto da espanhola IN-TENTA creative design group.

Endémico Resguardo Silvestre (México)

São 20 quartos independentes, com 20 metros quadrados cada. Ao redor, uma zona vinícola compõe a paisagem agradável e relaxante.

O projecto assinado por Jorge Gracia (Graciastudio) tinha por princípio o total respeito pela natureza, procurando criar espaços agradáveis com o menor impacto possível sobre a natureza.

Cada quarto assenta numa estrutura (EcoLoft) feita de um aço especial cuja cor se altera ao longo do tempo para se tornar semelhante à do espaço envolvente. Esta estrutura impede que os quartos toquem directamente no solo.

Para quem quiser experimentar campismo de luxo, esta é a melhor solução.

The Oposite House (China)

Kengo Kuma é o arquitecto japonês criador deste hotel entusiasmante.

As suas instalações contemplam áreas de entretenimento, um shopping e restauração. O exterior, de cor verde esmeralda, procura transmitir aos recém-chegados o desejada relaxamento.

Há ainda espaço para uma galeria de arte com obras de mais de dez artistas japoneses.

Os 98 quartos que compõe o hotel apresentam acabamentos em madeira e janelas que se estendem até ao tecto, e as suites principais ainda oferecem zonas de refeição privativas.

Fantástico!

Xiang Xiang Pray House (China)

Nada mais nada menos do que um hotel de luxo de cinco estrelas construído a partir de contentores. À primeira vista, o hotel parece uma pequena aldeia de pequenos contentores, mas, à medida que nos aproximamos, apercebemos-nos da qualidade das acomodações e do luxuoso design.

Os quartos são decorados com motivos tradicionais chineses e mobiliário de luxo, compensando a sua área exígua.

O conceito é original, pois recicla alguns dos 3.2 milhões de contentores que anualmente são exportados pelo país, e a sua execução foi bastante rápida, uma vez que três meses foram suficientes para colocar o hotel em funcionamento.

O mais interessante é que, tal como os contentores normais, os quartos podem também ser transportados para qualquer local, tornando este hotel num espaço móvel capaz de ser rapidamente montado no campo ou na cidade.

Bubbletree

A criatividade e engenho do designer francês Pierre-Stéphane Dumas, transformou o campismo como o conhecemos. O criador das Bubbletree, pequenas tendas de campismo com acabamentos de luxo.

As tendas têm formatos de iglu e o seu revestimento é feito com um material transparente ou opaco (para quem não prescinde de um pouco de privacidade. 

O conceito procura potenciar ao máximo a comunhão com a natureza.

Exibições: 2378

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Miguel Sur em 31 Dezembro 2012 às 1:36
Estive no Arenal Springs em 2001, fabuloso!!!! fiquei num quarto com vista para o vulcão, ainda vivo com o fumo a sair da sua imponente caldeira. Belas tardes que passei no bar a contemplar o fogo mesmo ali perto. Aqui fica o link www.arenal.net/tour/arenal-hot-springs/
Comentário de Maria Irene Gorjão Mota Candido em 30 Dezembro 2012 às 19:41

gostei de todos, mas já estive num na Costa Rica que é o Arenal Springs Resort que é muito bom e muito ecológico com piscínas de água quente do vulcão, mesmo bom .Foi a minha viagem de sonho recomendo.

Comentário de Pedro Silva Dias Castanheira em 18 Dezembro 2012 às 16:22

Fenomenais todos eles , mas o que mais me impressionou foram as estruturas móveis e o cuidado que os seus inventores tiveram com a natureza !

© 2018   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço