VIAGENS (lá fora): Cozumel e Cancun - México

Com coração mexicano e alma caribenha, Cozumel é um paraíso sobretudo em baixo de água.

Oficialmente, os Mayas foram os 1ºs a habitar a ilha da província de Quintana Roo. Já os mais teóricos, acreditam que estes foram precedidos por um grupo originário da mítica Atlântida. Mais tarde serviu de refúgio a piratas que por ali esconderam os seus tesouros.

Apesar da interessante e rica história que a ilha teve até meados do séc.XIX, foi Jacques Costeau quem a popularizou nos anos 60, dizendo que os recifes a sul da ilha fazem de Cozumel um dos 5 melhores mergulhos do mundo. E é a 2ª barreira de corais maior do mundo, perdendo apenas para a Austrália.

Começou assim, uma era de turismo sub. E eu estive lá! E quero voltar!

 

Em Cozumel, mergulhei todos os dias de manhã e 2 dias à noite. E o melhor de tudo, as saídas eram de barco, mar mexido e NUNCA enjoei! Só não mergulhei no dia que fui a Akumal, onde existe mergulho em caverna de água doce (Cenote - Rio subterrâneo). Preferi "praiar" em Villa de Rosas e, Tulum (as ruínas Mayas) ao invés de experimentar uma sensação claustofóbica.



Estava de regresso à hora de almoço, hora em que peguei a motoca alugada para passear pela ilha. Ou melhor, ía para um bar numa braia beber daiquiris, mojitos e margueritas! ;0)

 

Entre as atividades das tardes, maravilhosamente bem passadas, nadava, beijava e abraçava golfinhos. Das melhores experiências que já tive na vida. Até vontade de chorar tive. É algo...inexplicável.

Andei a cavalo pela selva (97% da ilha é parque natural e não está explorada). Galopei até mais não. A minha "Princesa" era um espetáculo. Só gostava de correr à frente de todos! Eu só podia andar a passo ou a galope. Trotar já não é comigo.

Passeei muinto pela ilha.

Vi o pôr-do-sol.

Mergulhei mais um poruqinho...

No dia 30 de Dezembro saí triste e já saudosistas da maravilhosa ilha de Cozumel. Foram 6 dias intensa e maravilhosamente passados na ilha da Riviera Maya.

Próximo destino Cancún.

Parei 2 horitas em Playa del Carmen para umas comprinhas.

Cancún é uma cidade diferente. Diria até que existem 2 Cancún, a parte onde vivem os Mexicanos e a Zona Hotelera, onde está a sofisticação, a festa 24h, as insfra-estruturas mais modernas os shoppings mais fashion, as praias com melhor infra-estrutura, os preços mais altos e, claro está, os turistas (americanada maioritariamente). Eu, como turistas que sou, estava nesta região, claro. Até porque a outra é considerada perigosa e nem me foi oferecida. No entanto, como curiosa, europeia e alma de jornalista que sou, lógico que foi ver a realidade dos Mexicanos de Cancun e fui passear para o centro. Reacção: bahhh! Nhaca!Rrrrr...

Punta Cancún, vulgo zona hotelera, é completamente moderna. Foi devastada em 2005 pelo furacão Wilma e reconstruída do zero, dando lugar a luxuosos e majestosos hotéis, uma Plaza cuja festa dura 24h (Plaza Fiesta), onde estão bares, casas de show e discotecas. As pessoas dançam em cima das mesas e dos balcões e há espectáculos de trapezistas e dançarinos, qual Moulin Rouge (ex.: Coco Bongo). É tipo Vegas sem os casinos.

A cidade é dividida por uma enorme lagoa (onde há jacarés) que separam o centro da zona hotelera.

 

As praias, em sí, são mais bonitas que em Cozumel.

 

Mas o que eu gostei mesmo foi de Isla Mujeres. A 25 minutos de ferry boat, de Cancun, está um paraíso perdido. Tudo nela é em ponto pequeno, desde o seu próprio tamanho (500mts de largura por 7 km de comprimento) até às casas e largura das Ruas. Neste pequeno paraíso perdido nas Caraíbas não se aluga moto para passear mas sim um carro de golf (pena que a foto nao ficou boa).

 


No dia 3 de janeiro às 4h da manhã saí rumo ao aeroporto com a sensação que ainda não era a hora! Há tantas opções de atractivos em Cancun e no próprio México que ficam sempre muitas coisas por fazer. Tais como, ir a Chichen Itza, passeio de barco pela lagoa na selva, mergulho no banco chichurro (onde estão 18 navios - incluindo galeões- naufragados, visita a Holbox e mergulho com os tubarões baleia, mergulhar em cenotes com ruínas, andar de mota de água na lagoa, etc).

As opções são muitas e salgadas. Não dá para tudo de uma só vez, especialmente depois de mergulhar 6 dias em Cozumel. Portanto a solução é juntar um generoso pé de meia e voltar! E já agora ir também a Cuba que fica a 45 minutos de avião. Nem queria acreditar que um dos meus destinos de sonho de adolescente estava ali tão perto. Tão perto e tão longe...

Cozumel (num fim de ano passado)

Nota: artigo publicado em Março de 2011 e escolhido pelo MyGuide para voltar a ser destaque em Junho de 2014.

Exibições: 3682

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Cristina Sartori em 22 Junho 2014 às 11:54

A água do mar mais linda que já vi.

Comentário de Filipa Studer em 23 Março 2011 às 17:46
Não posso concordar mais :)
Comentário de Vânia Meira Castanheira em 23 Março 2011 às 15:53

Filipa, obrigada pelas tuas palavras.

Realmente a experiência de nadar com golfinhos não tem descrição possível...por mais que tentemos faze-lo não há palavras que consigam transmitir tamanha emoção. É uma daquelas coisas que tem que fazer parte d'"A Lista".

Comentário de Filipa Studer em 23 Março 2011 às 12:46

Que vontade de entrar neste texto Vânia.

Cuba é um sonho, já lá estive, regressei e voltarei a regressar em breve...

Tenho uma fotografia idêntica à tua com um golfinho, uma mesma expressão e as minhas palavras quando relato essa experiência são muito semelhantes...algo inexplicável, como que um transbordar de amor que faz com que os olhos vertam gotas de água de mar.

 

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço