VIAGENS (lá fora): Toscana à primeira vista

[Ver no mapa]

Dizem que o maior encanto da Toscana é convencer os turistas a fugir de Florença. Nada há na cidade dos Medici que inspire uma fuga, bem pelo contrário. Em rigor, a Toscana é muito mais que o embrulho de Florença, apesar de tantas vezes resumida ao quarteto de ofertas feito de aldeias históricas, termas, restaurantes e vinhos.

Vindo de Roma, a estrada costeira S1 (com a linha férrea a correr a seu lado) dá a ver as praias que a renovação da Maremma, a pantanosa faixa de costa, tornou num destino de veraneio. A Toscana meridional ainda é tranquila, deserta em muitos pontos, mas capaz da mais eufórica diversão diurna e noturna, como em Orbetello ou no Monte Argentario. A partir de Piombino, o ferry leva-nos à ilha de Elba onde se vai a banhos com vinhas e olivais a sulcar as colinas.

[Ver no mapa]

A um passo largo está a Toscana central, lugar do afamado vinho Chianti e com cidades de visita obrigatória como Siena, Montepulciano, San Gimignano e Pienza. Seguindo pela S2, esta é a paisagem que melhor define a região: uma estrada bordada a ciprestes, castelos e igrejas, vales e montes a perder de vista num cenário que os séculos mantiveram intocado.

As praias do Mar Ligure e as suas aldeias à beira da água acompanham a S1 para Livorno e os canais da sua Venezia Nuova e depois até à inevitável Pisa e sua torre inclinada no Campo dei Miracoli. Seguindo o rio Arno espraia-se toda uma montra de arquitectura de villas, a lembrar que na Toscana ocidental, como em toda a região, viver para o prazer é um sacerdócio.

A norte, na Toscana setentrional, vai-se da estância de Viareggio ao esplendor do Parque Natural dos Alpi Apuane. A natureza deslumbra, a par das cidades históricas de Prato, Pistoia, Pescia ou Lucca. A casa onde nasceu Giacomo Puccini ou as pedreiras de Carrara são duas das atrações mais visitadas, se bem que uma temporada nas suas muitas termas seja um saudável conselho. Com montanhas, castanheiros, olivais, arte, neve e desporto ao ar livre, devidamente misturadas, eis uma região que bem pode acreditar ter tudo e em abundância.

Para leste se desemboca na Toscana Oriental. É onde fica a deslumbrante Arezzo, onde se multiplicam florestas e picos e se repetem sem nunca perder a identidade as cidades fortificadas, os mosteiros imutáveis, os ribeiros, os bosques e os cogumelos.

A perfeição é toscana? Quem será capaz de dizer o contrário…

Artigo por: José Mendes
Fotos: 500px.com

 

Exibições: 1060

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5 Jan.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2021   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço