EXPOSIÇÕES: Devoções Populares. Registos em Azulejo.

Detalhes do evento

Descrição do evento

Com esta exposição pretende-se dar a conhecer a importância que os registos em azulejo detêm no campo da história das mentalidades, particularmente na definição e expansão de cultos de carácter popular, com incidência na cidade de Lisboa.

Ostentando inúmeras e variadas expressões artísticas, identificadoras das épocas em que foram feitos e tão características da singular produção azulejar, os painéis têm em comum, a representação de figuras sacras (ou, nalguns casos mais recentes, profanas) que se relacionam com sentimentos de proteção.

A mostra reúne cerca de quatro dezenas de painéis de azulejo, quase na sua totalidade de Lisboa, com cronologias que vão do século XVII à atualidade e que, ao longo dos anos, por motivos diversos foram retirados dos locais de origem.

Exemplares oriundos de coleções particulares (tais como, The Berardo Collection, Colecção de Feliciano David e Graciete Rodrigues), do Museu Nacional do Azulejo, sendo o maior conjunto de peças em exposição pertencentes ao espólio do Museu da Cidade, muitas das quais nunca antes mostradas.

Através destes exemplares complementados com acervo fotográfico, diversos objetos (pintura, gravura e escultura) e vídeos (Testemunhos devocionais hoje, Registos em azulejo nos cemitérios, Novos cultos – Padre Cruz e Sousa Martins), relacionados com o tema, penetramos no universo das várias expressões da religiosidade e das motivações devocionais manifestadas ao longo dos tempos.

Há uma década que o Museu da Cidade tem vindo a desenvolver um “Projeto de Investigação e Salvaguarda dos Registos de Azulejo em Lisboa. Séculos XVII - XXI” (da responsabilidade de Fernando M. Peixoto Lopes e Margarida Almeida Bastos, sob a direção de Ana Cristina Leite) que visa a recolha sistemática, o estudo e tratamento de dados históricos, artísticos, iconográficos e antropológicos e a divulgação deste significativo acervo patrimonial material e imaterial.

Começando por um levantamento exaustivo com identificação e inventariação de cerca de 1550 registos (in situ, ou já removidos), foi criada uma Base de Dados, a disponibilizar, a breve trecho, on line. Entre esta e outras ações, a presente exposição insere-se também no âmbito deste projeto que contará ainda com a edição de obra sobre a temática. No seu conjunto são instrumentos indispensáveis para o conhecimento da azulejaria e para a salvaguarda dos Registos e da identidade e memória que lhe estão associadas.

A exposição organizada pelo Museu da Cidade (CML, Pelouro da Cultura, Direção Municipal de Cultura), com patrocínio da Fundação Berardo, tem como comissários Ana Cristina Leite, Fernando M. Peixoto Lopes e Margarida Almeida Bastos.

Entrada livre
Horário: Terça a Domingo, 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00. 

Caixa de Recados

Adicione um comentário

para adicionar comentários adicione este evento "EXPOSIÇÕES: Devoções Populares. Registos em Azulejo." à sua agenda

Entrar em MyGuide

Vão a este evento (1)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Eventos em Destaque

Fevereiro 2024
DSTQQSS
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829
       

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5. Jan, 2021.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2024   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço