PASSEIOS (cá dentro): Subindo, subindo até à Graça Divina

A viagem em busca da Graça Divina tem como ponto inicial o bairro de Alfama, local tradicional e simbólico de Lisboa o qual não pude deixar de mencionar neste artigo como ponto de passagem obrigatório, dado o espírito e arquitectura típica lisboeta, e também por ser um óptimo local para uma caminhada numa ensolarada tarde de Fim de Semana.

 

Partindo para mais uma descoberta de Lisboa na ensolarada tarde de Sábado, iniciei a minha viagem pelo típico bairro onde, após subir muita escadaria, pude deslumbrar a fabulosa vista aérea sobre o mar de telhados vermelhos espalhados desordenadamente pela cidade, assim como a fusão azul do denso rio Tejo, com o suave céu limpo, criando uma onda de imensa luz que supera qualquer efeito cinematográfico proveniente de um filme êxito de bilheteira de Hollywood.



Envolvido nesta visão, e tendo como fundo alguns músicos e artistas que utilizavam o cenário envolvente para criar as suas obras, prossegui caminho em direcção ao topo, no qual encontrei o Largo da Graça, assim como um monumento de enorme esplendor que se expande até aos céus. Trata-se da Igreja da Graça .

 

Erguida na segunda metade do século XII, no local onde em 1147 acamparam as tropas de D. Afonso Henriques que tomaram a cidade aos Mouros, a igreja e convento da Graça passou por várias remodelações, tendo a última ocorrido após o terramoto de 1755, após a ruina da fachada, das abóbadas da capela-mor e do cruzeiro.


Apesar do estilo rococó desta última intervenção, a sua fachada é sóbria e elegante, destacando-se um baixo-relevo dedicado a Santo Agostinho. O adro da igreja permite aceder a um miradouro, onde reside uma das mais belas vistas sobre a cidade de Lisboa, e ao Jardim da Graça, dando um toque de requinte a este cenário pitoresco.

 


No interior da Igreja da Graça, encontra-se a imagem de Cristo presente nas procissões de Lisboa, a imagem de Nossa Senhora da Graça que, segundo a lenda, apareceu em Cascais numa rede de pescadores, assim como capelas de talha dourada permitindo facultar diversos refúgios de oração a todos os religiosos.

 

A luz que imerge para o interior do templo permite criar uma incrível atmosfera envolvente, recheada de cor e luminosidade pelos diversos vidrais, colorida por tons suaves de rosa e branco com a riqueza do dourado, dando-nos a crer que estamos num local intemporal, sem estrutura física, flutuando em pleno ar.

 

A musica ambiente, envolvente e distante tem fonte desconhecida pois é proveniente de todo o lugar! É traduzida em tons melódicos de oração, criando uma harmonia única em todo o santuário, capaz de agradar não só a todos aos religiosos, como também a todos os visitantes que pretendam descobrir e deixarem-se encantar pela Igreja da Graça.



Esta fabulosa obra da arquitectura renascentista pode ser visitada diariamente das 9 às 12 horas e das 15 às 19, com excepção dos Domingos, cujo horário situa-se das 9 às 13 e das 18 às 20.

Exibições: 1232

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Filipe Amorim em 16 Fevereiro 2011 às 23:09
É verdade! E eu, como curioso que sou, pretendo conhecer tudo! :-)
Comentário de Inês Sousa Almeida em 16 Fevereiro 2011 às 23:05
Há tantas coisas para conhecer...!
Comentário de Filipe Amorim em 16 Fevereiro 2011 às 22:31
Bom, como sou de Santarém, só conheço verdadeiramente Lisboa À cerca de 2 anos.. Por isso ainda estou a descobrir pormenores da cidade! :-)
Comentário de Inês Sousa Almeida em 16 Fevereiro 2011 às 22:26
Nasci e vivi toda a minha vida em Lisboa. Adoro.

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5 Jan.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2021   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço