Quem nunca pensou deixar a vida rotineira da cidade para trás?

Para muitos este é apenas um sonho. Para outros torna-se realidade.

Optam por viver na estrada em nome da liberdade. Este é o perfil dos amantes da música electrónica.

Muitos são os que seguem a cultura trance.


Andam em busca de uma transformação espiritual através da música, dança e da natureza.

São pessoas que sentem presas à sociedade. Perseguem incansavelmente a liberdade.

"Este mundo” teve origem no movimento psicadélico dos anos 60, espalhando a mensagem PLUR ( peace, love, unity, respect). Os festivais são espaços de encontros e troca de culturas entre os seguidores do trance. Procuram o sentimento de unificação com tudo o que os rodeia e a paixão pela natureza e todas as coisas vivas. Não estão contra a sociedade mas ao lado, deixando de ter a rotina comum do dia-a-dia. Optam por viver o amor pela música na estrada, deixando a cidade.

Este nómadas do XXI vivem em grupos e têm autocaravanas para transporte das pessoas e material sonoro.

O sentimento entre eles é mútuo... a paixão pela música e pela liberdade, sendo a primeiro elemento principal da viagem e da suas vidas. Como meio de sobrevivência trabalham no campo e artesanato. O dinheiro que ganham é partilhado na comunidade sendo essencialmente para pagar a gasolina, comer e ir para as festas. Mantendo uma vida onde o ideal democrático é substituído pelo comunitário.

Exibições: 1252

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Marina Soares em 30 Junho 2011 às 15:44

Ricardo, eles "andem" aí... ;)

Mas tens razão. Eu tenho uma irmã mais nova e quando a vejo ao longe com as amigas dela, só a distingo porque é a mais alta. De resto... a mesma roupa, o mesmo cabelo, a mesma mochila, os mesmo ténis. Eu, que devo ter passado a minha adolescência com a mesma camisa aos quadrados amarrada à cintura, era 100 vezes mais original, eheh!

Comentário de Ricardo Rodrigues em 30 Junho 2011 às 15:44

Eu quando era mais novo era um bocado betinho, mas tinha amigos com estilos totalmente diferentes, até um com a mania que era rockabilly. 

Hoje em dia onde é que se vê disso? Os putos tem todos a mania que são o justin bieber com o cabelo a fazer de pala.

É claro que a velha guarda mantém-se minimamente, mas antes a malta fazia opções de estilo, e hoje não.

Era mais isto que queria dizer.

Comentário de Ana Catarina Araújo em 30 Junho 2011 às 15:40
O pessoal tem esse este estilo de vida e vive em tribos, são poucos... Olha é raro, mas ainda existe por exemplo em lisboa tem uma grande comunidade de hardcore, entre outros ... ;)
Comentário de Ricardo Rodrigues em 30 Junho 2011 às 15:33
Isso das tribos está muito esbatido nos dias que correm. Agora os putos e as miúdas parecem todos iguais :)
Já não se vê a malta do grunge, a malta do heavy metal, os hipsters são cada vezs mais raros.
Comentário de Tânia Barreira em 30 Junho 2011 às 11:30
Adorava poder fazer o mesmo... (sonhar é tão bom....) :D
Comentário de Ana Catarina Araújo em 30 Junho 2011 às 11:03
Bem, Inês em relação a isso o que posso responder é que por vezes o que nós batalhamos todos os dias, é algo que a sociedade nos impõe/incute, logo segui-mos a maré e quando damos  por nós, estamos presos na vida  que nos foi imposta por tudo á nossa volta.... è algo que em maior parte dos casos é quase inevitável fugir, porque foi assim que fomos educados, numa sociedade onde desde de pequeno é te incutido um estilo de vida... mas agora, o que é giro é que qualquer um pode mudar a qualquer altura esse estilo de vida, simplemente é preciso ter a coragem de não ter medo! ;)

 

Independente do estilo de vida e dos nossos objectivos e do motivo das nossas disputas, como tu referiste as batalhas são uma luta constante, é normal sentir-mos perdidos ou presos num mundo cheio de inseguranças e incertezas... mas como um grande amigo meu depois diz me sempre “depois da tempestade vem a bonança”

 

Marina e Myguide obrigada pelas boas vindas, espero poder partilhar e histórias e absorver muitas experiencias através dos artigos aqui escritos *

Comentário de Inês M.C em 29 Junho 2011 às 20:27

Natureza, Amor, Unidade, Música (ok, se calhar trance tb dispensava..), Dança, Liberdade...

Onde é que é a paragem mais perto? :-D

Adorava ter...coragem?...desapego?...libertação?...suficiente para fazer isso...

Porque é que aquilo que fazemos e por aquilo que batalhamos todos os dias, que é suposto vir a trazer-nos felicidade nos faz sentir às vezes tão presos?...

Comentário de Ana Tomasi em 29 Junho 2011 às 17:28
Apesar das sonoridades que os acompanham não serem propriamente a minha "cena", gosto do espírito destes nómadas. :)
Comentário de Marina Soares em 29 Junho 2011 às 11:04
Que bela estreia no Myguide, Ana! Dás-nos a conhecer um modo de vida que cheira a férias! Não me importava de experimentar por uns dias, se excluissemos da equação a cultura transe...
Comentário de Agenda MyGuide em 28 Junho 2011 às 17:31
Dá vontade de ir atrás, Ana. O programa das festas é bem-vindo! ;)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Aulas regulares (e para todos) no Museu do Oriente

Criado por MyGuide 5 Jan 2021 at 10:16. Actualizado pela última vez por MyGuide 5 Jan.

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 24. Nov, 2020.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Nov, 2020.

© 2021   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço