VIAGENS (lá fora): Um mergulho em Natal!

Para quem gosta de praia e calor, Natal é o destino certo. Capital do estado do Rio Grande do Norte, no nordeste Brasileiro, Natal é conhecida como a “Cidade do Sol”. O título tem a ver com o fato de Natal ser uma das cidades brasileiras que mais tem dias de sol durante o ano.
Com tanto dias ensolarados, o verão dura o ano inteiro. A média de temperatura é de 28°, e segundo a população potiguar, se começar a chover é só esperar. Em Natal, depois de toda a chuva logo vem o sol. Eu comprovei isso quando estive por lá.

Passeios
Aqui deixo a listinha do que é imprescindível visitar em Natal:
- Forte dos Reis Magos: é a edificação mais antiga da cidade, construída pelos portugueses em 1598. Já foi prisão, orfanato, abrigo para mendigos, mas hoje abriga o Centro de Turismo da cidade. Para quem gosta de história, a dica é ficar na cola dos guias do Forte que contam com detalhes tudo que por ali já foi vivido. Vale muito a pena. E a vista também é ótima, olha só:



- Praia de Ponta Negra: é umas das praias mais badaladas de Natal. Ótima para tomar sol e uma deliciosa água de coco. Ali também está situado o Morro do Careca, uma duna de mais de 100 metros, cercada por vegetação.

- Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu: por falar em dunas, Jenipabu (como também é conhecido o parque) é o ponto alto para quem vai visitar a região de Natal. O parque abriga uma praia, um grande complexo de dunas, uma lagoa e uma área de proteção ambiental, e fica a uns 20 quilômetros do centro de Natal. Para fazer o passeio completo, a dica é investir no buggy. Basta combinar com um buggueiro o passeio, que ele busca você (e a sua turma) bem cedinho para curtir o dia todo em Jenipabu, andando de buggy! Antes de embarcar nessa aventura, certifique-se se vai querer um passeio com ou sem emoção. A decisão implica no nível de manobras que o buggueiro vai fazer pelas dunas. A minha dica certamente é: COM EMOÇÃO!!! E para quem acha que a emoção do buggie é pouca, vale também fazer o “esquibunda”: descer as dunas numa prancha de madeira até cair “de bunda” na lagoa. E tem também o “aerobunda”, já consegue imaginar?! É uma espécie de tirolesa que te joga na água também. Eu fiz tudo e A-M-E-I!

 

 

- Maracajaú: o lugar é a opção ideal para quem quer fazer mergulho. Para os iniciantes, há a opção de mergulho superficial, utilizado o snorkeling como equipamento. Para quem quer conhecer o fundo do mar, é possível fazer o mergulho acompanhado, também chamado de batismo, com equipamento completo de segurança.



- Pipa: é considerada uma das mais belas regiões de praias do Brasil. Não muito distante de Natal, Pipa proporciona um mergulho na natureza, com direito até a encontros com golfinhos. Pipa é considerada uma praia de jovens, portanto, badaladíssima, principalmente durante a noite. Infelizmente, não consegui ir a Pipa durante minha passagem pelo Rio Grande do Norte, mas se você for para lá, não perca a oportunidade. Dizem que é incrível!



- O maior cajueiro do mundo: fica em Pirangi o cajueiro gigante, plantado em 1888. A árvore cobre uma área de aproximadamente 7500 metros quadrados, com um perímetro de aproximadamente 500 m. No período de safra, os mais de 80 mil frutos podem ser colhidos pelos visitantes.

Gastronomia
Visitar a região de Natal pode ser gastronomicamente deliciosa. Água de coco, peixes, frutos do mar, castanha de caju, cuscuz, bolinho de macaxeira com carne seca... e por aí vai! Dentre tantas delícias, o meu destaque vai para a tapioca. Visite a Casa de Taipa, uma tapiocaria localizada próximo a praia de Ponta Negra. Só a decoração do lugar já é de babar, a tapioca então... nem se fala! Vale experimentar uma salgada e depois fechar com uma tapioca doce. Para acompanhar, peça um suco natural ou uma água de coco. É dos deuses!!!




Compras
Ninguém viaja sem levar uma lembrancinha do lugar. Em Natal, a dica é investir no artesanato local. Para isso, vale visitar o shopping do artesanato potiguar, em Ponta Negra. Por ali, o colorido domina: são bijuterias, toalhas de mesa, esculturas, e mais um monte de opções de artesanato. É imperdível!

E agora que você já sabe praticamente tudo sobre Natal, vou te contar mais um último detalhe: Natal é a cidade brasileira que mais recebe turistas portugueses. E aí, será que você vai ser o próximo?!

Exibições: 841

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de MyGuide em 20 Junho 2011 às 11:33
Não resistimos a meter-nos na conversa: Ana, queremos artigos sobre esses tesouros que descobriu no Brasil; e Natasha, queremos mais sobre o seu Brasil!
Comentário de Natasha Bin em 19 Junho 2011 às 21:36
Pelo jeito você ficou encantada com o Rio de Janeiro, Ana! Não é para menos! Também amo aquele lugar, desde as praias, passando pelos pontos turísticos e simbólicos do rio, até a noite carioca! Sim... o Rio continua a ser a cidade maravilhosa!!!
Comentário de Ana Maria Cano Meira em 19 Junho 2011 às 1:01

O que gostei no Brasil Natasha? De tanta coisa. Adorei toda a costa/Mata atlântica entre Santos e Rio de Janeiro. Deliciei-me nas àguas de Ubatuba, maravilhei-me com Parati, as suas ilhas e passeios de barco, chorei com o Pão de Açucar e amei dançar na Lapa.

Surpreendi-me com Visconde de mauá, as suas cachoeiras, a água gélida.

Gostei do primeiro contacto com Natal porque me cheirou a África, mas não adorei, apesar da simpatia de todos!

Comentário de Humberto Ruaz em 18 Junho 2011 às 19:43
Como diz a Joana, também já fui muuuito feliz aí! E as espetadinhas grelhadas na praia?
Comentário de Rui Correia Sampaio em 17 Junho 2011 às 17:12

Belo artigo. Parabéns!

 

Comentário de Natasha Bin em 17 Junho 2011 às 13:30

Olá Ana... fiquei curiosa! O que você mais gostou no Brasil?!

Eu adorei Natal, mas é um lugar turístico mesmo... pronto para receber turistas!

Bom... eu sou brasileira e como vc bem deve saber o Brasil é enorme e muito heterogêneo... difícil eleger um único lugar para representá-lo! Rs!

Comentário de Ana Maria Cano Meira em 17 Junho 2011 às 12:51
E gostei imenso das fotos!
Comentário de Ana Maria Cano Meira em 17 Junho 2011 às 12:50

Já estive por estas bandas e gostei das Dunas, gostei de conhecer, gostei da temperatura da àgua, mas.... não foi mesmo o que eu mais gostei do Brasil. 

As dunas de Natal são surpreendentes mas o resto :( não gostei muito. 

Pipa? gostei mas mais parece uma colónia portuguesa.

As pessoas? super simpáticas

e quando se consegue sair do circuito turístico (que foi o meu caso) então conhecem-se coisas um pouco mais surpreendentes. 

Ou seja apesar de ter gostado de ter conhecido, não representa o Brasil que vale a pena conhecer.

Mas gostei muito do seu artigo!

Comentário de Joana Schmidt Costa em 17 Junho 2011 às 12:21

Ahhh Pipa... :)

Já fui muito feliz aí. :)

Toda a zona é mesmo muito bonita.

 

Parabéns Natasha. :)

Comentário de Rui Mesquita em 17 Junho 2011 às 12:07

Natasha, dá mesmo vontade de mergulhar.

Mas para um ressacado por cajú como eu, podia ficar ali ao lado do cajueiro, que morria feliz. :)

Bom artigo. :)

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço