O Natal é festejado pelos adeptos do Cristianismo no mundo inteiro no dia 25 de dezembro, dia que acabou sendo adotado, no século IV, data em que os romanos já comemoravam uma festa importante, a Natalis Solis Invicti, ou "Nascimento do Sol Invencível". Uma comemoração do solstício de inverno, o dia mais curto do ano. Depois do solstício, os dias vão ficando cada vez mais longos. A festa, então, é pela vida que a partir daí volta a florescer. Por isso mesmo, o solstício de inverno foi celebrado com festas em boa parte das culturas humanas. O círculo de pedras de Stonehenge, por exemplo, já era palco  de comemorações três mil anos antes de Jesus nascer.

A verdadeira essência do ser humano, na realidade, devido às "competições" entre os povos não evoluiu sobre o planeta Terra, tornando-se necessário que os seres humanos se agrupem com ideias e ideais semelhantes para celebrar a Festa de Natal a cada dia de sua vida, com Paz, Alegria e Harmonia nas suas realizações. 

 

SÍMBOLOS DO NATAL

Qual o nome das renas do Pai Noel? Dasher, Donner, Prancer, Vixen, Comet, Cupid, Dasher e Blitze.

Por que os americanos e ingleses chamam o peru de turkey? É simples: as aves vinham do México para a Europa, descarregando em Espanha. De lá, comerciantes turcos (Turquia, Turkey em inglês) as levavam até à Inglaterra para a venda. Por fim, a origem do mercador se estendeu à mercadoria.

Qual a origem da árvore de Natal?
São várias as origens possíveis, sendo a mais aceite a que se atribui à Alemanha, através de Martinho Lutero. Ele teria montado um pinheiro com velas em sua casa para mostrar às crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Cristo.

Qual a origem da Missa do Galo e do Presépio?
As duas tradições, tipicamente natalinas, são obra de São Francisco de Assis, que fez o presépio para lembrar aos fiéis o ambiente que Jesus vivia. Foi em Greccio, na Itália, em 1224. Ele mostrava o presépio ao povo à meia-noite, hora simbólica que Jesus nasceu. Depois, de madrugada, era realizada uma missa, feita ao som do canto dos galos, que se faziam ouvir nesse horário. O povo deu o nome "Missa do Galo" a esta celebração por esse motivo.

A “Árvore de Natal”, conhecida em algumas regiões da Europa como a “Árvore de Cristo”, desempenha papel importante na data comemorativa do Nascimento do Senhor. Os relatos mais antigos que se conhecem acerca da Árvore de Natal datam de meados do século XVII, e são provenientes da Alsácia, encantadora província francesa. Descrições de florescimentos de árvores no dia do nascimento de Jesus Cristo levaram os cristãos da antiga Europa a ornamentar as suas casas com pinheiros no dia do Natal, única árvore que nas imensidões da neve permanece verde. A “Árvore de Natal” é um símbolo natalício que representa agradecimento pela vinda de Jesus Cristo.

 



Exibições: 433

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço