d’Orfeu, uma marca (também) internacional!
Visibilidade além-fronteiras com stand na Womex e concertos na FiraMediterrània.

A d'Orfeu reforçou a sua internacionalização no mês de Outubro, ao marcar forte presença em dois importantes certames do sector cultural: na Womex, a maior feira mundial de músicas do mundo que, este ano, se realizou em Santiago de Compostela e na Fira Mediterrània de Manresa, perto de Barcelona. Com regular acesso a espaços privilegiados para oportunidades de circulação artística no estrangeiro, a associação aguedense é uma das poucas instituições portuguesas a posicionar-se estrategicamente nestes mercados internacionais.

A comitiva d'Orfeu na Womex, pela primeira vez com stand próprio, viveu quatro dias de intensos contactos à escala global, naquele que é considerado o evento de world music mais importante do ano entre programadores e agentes musicais de todo o mundo. De 22 a 26 de Outubro, em plena 20ª edição da Womex, a projecção internacional da d'Orfeu ganhou com a visibilidade dada à sua actividade artística e associativa, com particular foco nas criações musicais “Toques do Caramulo” e “Contracorrente” e nos festivais “OuTonalidades – circuito português de música ao vivo” e “Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo”. Também enquanto único membro português do European Forum of Worldwide Music Festivals, fortemente representado em Santiago, o Festim viu ali alinhavadas muitas oportunidades de programação para a sua próxima edição em 2015.

Antes ainda, na 17ª Fira Mediterrània de Manresa (Catalunha), a 10 e 11 de Outubro, a presença da d’Orfeu teve pela primeira vez vertente artística e logo em dose dupla, pois além da presença em encontros profissionais como sucede desde há anos, do programa da Fira fizeram parte os concertos de “Toques do Caramulo” e da orquestra europeia “Folkmus”, ambos projectos com marca d’Orfeu. Os Toques do Caramulo foram os primeiros a subir ao palco da Taverna Damm, apresentando as modas esquecidas da Serra do Caramulo com a habitual energia em palco e interacção com o público. No dia seguinte, foi a vez da Orquestra Folkmus se apresentar no mesmo recinto, com os músicos portugueses Manuel Maio, João Pratas e Sara Vidal. Trata-se de um projecto europeu do qual a d'Orfeu é parceira com outras instituições da Estónia, Grécia, Itália e Espanha, com o intuito de revitalizar as músicas tradicionais num diálogo geracional e cultural, plasmadas recentemente numa edição discográfica.

Ambas as experiências – Womex e FiraMediterrània - se revelaram altamente frutíferas, ao estabelecer futuras cooperações internacionais envolvendo a d’Orfeu, as suas criações e os seus festivais, proporcionando a sua expansão a nível artístico e afirmando-a enquanto importante agente cultural português no mercado mundial, com uma identidade própria e um percurso reconhecido, em vésperas de completar 19 anos de intensa actividade cultural em Águeda.

Exibições: 39

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço