GASTRONOMIA: Sai um cozido à portuguesa!


Desce a temperatura e logo sobe o apetite por comidas que chegam em grandes tachos fumegantes. Marque no mapa os restaurantes que têm um cozido à sua espera.


Adeus saladas e pratos frios, olá cozidos e restante comida de tacho! Se há altura em que apetece reunir os amigos à volta de uma mesa com pratos a transbordar carnes, enchidos e legumes é esta, quando chegam os dias mais curtos e precisamos de algum consolo. Farejámos atrás deste prato tão português cujas receitas variam de local para local, mas que tem sempre como base a grande variedade de carnes e legumes cozidos em água abundante. Farejámos e chegámos a algumas moradas de norte a sul do país que agora partilhamos convosco.


LISBOA


O Painel de Alcântara
Escondido numa pequena rua de Alcântara, é local de peregrinação há já vários anos para todos os amantes da cozinha típica portuguesa. O cozido à portuguesa tem dia marcado à quarta-feira. Nos outros dias a romaria deve-se às pataniscas de bacalhau com arroz de feijão, ao arroz de garoupa ou ao pernil de porco assado no forno, para citarmos só alguns.
Segunda a sábado, das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 24h
Rua Arco-Alcântara 7/9, Alcântara
Tel.: 213 965 920

 

Spazio Buondi/Nobre

Num espaço moderno no Campo Pequeno servem-se as criações de inspiração tradicional da reconhecida Chefe Justa Nobre. Sopa de santola, perninha de cabrito no forno à transmontana, bacalhau à minhota são algumas das muito elogiadas especialidades. Ao domingo, o buffet de cozido à portuguesa também é muito procurado.
Das 12h às 23h
Av. Sacadura Cabral, 53 B, Lisboa
Tel.: 217 970 760
 

A Commenda

A gastronomia do requintado restaurante do Centro Cultural de Belém privilegia a alta cozinha portuguesa e os seus produtos tradicionais. Ao domingo serve um famoso buffet de cozido, para além de tranche de garoupa com puré de alho francês e empadão de perdiz.
Segunda a sábado, das 12h30 às 15h; sábado, das 19h30 às 23h; domingo, das 12h30 às 16h.
Centro Cultural de Belém, Praça do Império
Tel.: 213 648 561
Site:A Commenda

 
O Funil

Preocupado em recuperar a riqueza dos sabores tradicionais portugueses, este restaurante situado bem no centro de Lisboa garante à sua mesa alguns dos pratos típicos da nossa culinária. O cozido à portuguesa é servido à quarta-feira, mas conta ainda com especialidades como a sopa rica de peixe, o ensopado de enguias, o polvo assado no forno à transmontana, a língua de vaca estufada ou as favas guisadas com entrecosto e enchidos saloios.
Encerra aos domingos ao jantar e feriados
Av. Elias Garcia, 82-A
Tel.: 217 966 007
Site: O Funil


Espaço Açores

Num espaço de gastronomia típica açoriana não poderia faltar o cozido das Furnas (às sextas e domingos ao almoço). Da sua imensa lista constam ainda originalidades como as lapas, os chicharros, a moreia, a bicuda, o cantarilho, o feijão assado pobre e rico, as sopas do divino Espírito Santo…
Aberto todos os dias, das 12h às 24h
Largo da Boa Hora – Ajuda
Tel: 21 364 08 81 / 21 364 03 53
Site: Espaço Açores


O Pitéu da Graça

Restaurante familiar situado no Largo da Graça, apresenta as tradicionais receitas portuguesas, tais como: cozido à portuguesa com todos, feijoada à transmontana, pernil de porco assado à beirão, pataniscas de bacalhau com arroz de feijão e salada; ou cabrito assado no forno.
Das 12h às 15h e das 19h às 22h30. Encerra ao domingo e sábado ao jantar.
Largo da Graça, 95-96
Tel.: 218871067
http://pt-br.facebook.com/pages/Restaurante-O-Pit%C3%A9u-da-Gra%C3%A7a/111076728925133

OEIRAS


Solar do Marquês
Um restaurante que é também marisqueira, de ambiente acolhedor, serve especialidades da cozinha tradicional portuguesa como as cataplanas, o bacalhau à Lagareiro, o cabrito à Padeiro e o cozido à portuguesa. Também é procurado pelo seu fondue de carne.
Das 12h às 16h e das 19h às 24h. Encerra à segunda e domingo ao jantar.
Largo da Boavista, 4 / 8
Tel.: 214419709 - 214418480 – 912386538


O Orelhas – Queijas
Na improvável zona de Queijas fazem-se romarias com destino a esta casa de cozinha tradicional portuguesa. As massadas, os filetes de peixe-galo, a feijoada à transmontana e o cozido à portuguesa são alguns dos pratos que justificam tanto entusiasmo.
Das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 22:00.
Rua Cesário Verde 80, F, Linda-a-Pastora, Queijas
Tel.: 214164597

CASCAIS


O Picadeiro – Quinta da Marinha
Localizado no Picadeiro Coberto do Centro Hípico da Quinta da Marinha, o Café Restaurante O Picadeiro é um local descontraído que tem como especialidade, aos domingos das estações frias, o cozido à portuguesa.
Terça a domingo, das 12h30 às 15h30.
R. das Codornizes, Quinta da Marinha
Tel.: 21 486 9433

SINTRA


QB - Quinta da Beloura

Uma antiga casa de quinta deu lugar a um restaurante rústico onde são servidos bons pratos regionais e alguns de cozinha internacional. Aos domingos servem buffet de cozido à portuguesa.
Viela da Beloura, 5, Quinta da Beloura
Tel.: 219 240 166
Site: Quinta da Beloura


Colares Velho

No largo da igreja de Colares encontra-se esta casa de ambientes distintos - sala principal, salão de chá e esplanada - todos eles românticos e acolhedores. À mesa da refeição surgem as especialidades como a perdiz, mas também o cozido saloio (foto de destaque do artigo), na época fria, ao sábado. Cozinhado muito lentamente, é confeccionado com a mais saborosa variedade de enchidos e carnes e com os legumes das hortas da zona.
Ter - Sab: 10:00-23:00Dom: 10:00-19:00
Rua Fria, 1, 2705-192 Colares, Sintra
Tel.: 219 292 727

BENAVENTE, SANTARÉM


A Coudelaria

Integrado no espaço da centenária Companhia das Lezírias fundada em 1836, vinte mil hectares de terras dedicadas à agricultura, à pecuária e à floresta, este restaurante situado junto ao hipódromo, dispõe de uma sala ampla, onde a vista convida a uma refeição tranquila em pleno ambiente campestre. Na sua ementa o destaque vai para as carnes e aí sobressai o Buffet Campestre todos os sábados e o cozido de carnes bravas à ribatejana que é confeccionado todos os Domingos em regime de buffet. Para além destes, servem ao longo da semana pratos de caça.
Encerra à segunda-feira e feriados.
Monte de Braço de Prata – Porto Alto, Samora Correia
Tel.: 263 654 985
Site:A Coudelaria


NORTE


ÁGUEDA


Adega do Fidalgo
Neste restaurante simpático, de estilo rústico e decoração cuidada, a cozinha que se pratica é regional. O bife de boi vem das Astúrias e é uma boa opção, a par do bacalhau à Lagareiro com batatinhas a murro e do cozido à portuguesa, servido às quartas-feiras. Boa lista de vinhos.
Das 12h às 15h e das 19h às 22h30.
Almas da Areosa, Aguada de Cima, Águeda
234 666 226

PORTO


Gambamar

Restaurante especialmente dedicado à confecção de peixe e marisco, apresenta, contudo, grande variedade de sugestões, tais como a paelha, as tripas à moda do Porto, o fondue e o clássico cozido.
Todos os dias, das 12h às 2h
R. do Campo Alegre, 110
Tel.: 226 067 604
Site: Gambamar

Bem Arranjadinho
No restaurante mais antigo de Leça da Palmeira – em frente à doca do porto de Leixões – prova-se cozinha caseira confeccionada em forno de lenha. A ementa tem uma grande oferta de peixes e mariscos – assados ou grelhados. Nas carnes, destaque para o cozido à portuguesa, o cabritinho assado no forno e as famosas tripas à moda do Porto. É muito procurado, também, pela lampreia e o capão.
Segunda a sábado, das 12h às 24h. Encerra aos domingos (excepto grupos)
Travessa do Matinho, 2, Leça da Palmeira
Tel.: 229 952 106
Site: Bem Arranjadinho

BARCELOS


Pedra Furada
Nas paredes deste grande restaurante de decoração rústica, os prémios saltam à vista, comprovando a qualidade das suas especialidades minhotas. Os rojões à moda do Minho com batata assada, as papas de sarrabulho, a feijoada à minhota ou o cozido à portuguesa fazem as delícias dos fregueses.
Das 12h às 15h30 e das 19h às 22h. Encerra segunda-feira ao jantar
Lugar da Rua Nova – Pedra Furada, Barcelos
Tel.: 252 951 144

GUIMARÃES


Fentelhas
Apesar do seu aspecto simples, com uma ampla sala rústica, este espaço inteiramente dedicado à cozinha regional tem vindo a acumular uma série de prémios gastronómicos. Como entradas, destacam-se os bolinhos de carne e bacalhau e a chouriça assada. Pratos como os rojões, o cozido à portuguesa, o arroz de cabidela e a vitela assada chamam a atenção, a par com o bacalhau no forno que é servido com batatas, presunto ou broa.
Das 12h às 15h e das 19h às 21h. Encerra ao domingo ao jantar.
R. Pedro Homem de Mello, 111 – São Torcato
Tel.: 253 551 292

VIANA DO CASTELO


Camelo
O peixe, grelhado ou assado, é uma das apostas desta casa de cozinha minhota, bem como o bacalhau à Camelo. Os enchidos, o cabritinho no forno, o cozido à portuguesa e o sarrabulho à lavrador destacam-se nas carnes. Como sobremesa, rabanadas, arroz-doce e creme queimado.
Das 12h às 15h e das 17h às 23h. Encerra à segunda-feira
R. de Santa Marta, 119 (EN 202) – Petigueiras, Portuzelo
Tel.: 258 839 090
Site: Camelo


ARCOS DE VALDEVEZ


Costa do Vez

Casa de ambiente agradável, com elementos rústicos que o tornam acolhedor, é a cozinha minhota que sobressai. Dela são exemplo a vitela barrosã, o cabrito assado, a costeleta de novilho e os cozidos (à portuguesa e à minhota). Mas também há peixe fresco para grelhar e bacalhau à Lagareiro.
Encerra à segunda-feira
Estrada Nacional 101 – Silvares, Salvador
Tel.: 258 516 122
Site: Costa do Vez


CHAVES


Aprígio
Adaptado de uma casa que outrora vendeu produtos agrícolas e vinho a garrafão, este restaurante de gastronomia regional oferece uma boa cozinha e um ambiente simpático. Do menu evidenciam-se o bacalhau à Aprígio e o cozido à Transmontana.
Segunda a sábado, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Domingo das 12h às 15h.
Trás do Calvário
Tel.: 276 321 053

MONTALEGRE


O Castelo
Localizado perto do Castelo de Montalegre, oferece uma cozinha que privilegia os sabores tradicionais do Alto Minho: carnes grelhadas, cozido à portuguesa (no Inverno), truta do rio Cávado, açorda de presunto e os famosos cabrito dos Lameiros de Barroso ou galo estufado, os dois últimos por encomenda. Os vinhos são maioritariamente regionais.
Terça a domingo, das 12h às 22h.
Terreiro do Açougue, Montalegre
Tel.:276 511 237

SUL


GRÂNDOLA


Restaurante Canal Caveira
Restaurante dedicado à gastronomia tradicional portuguesa, com especial relevo para a cozinha alentejana, serve sopa de cação, de bacalhau ou de tomate com linguiça, e claro as migas que acompanham o porco, no ensopado de borrego ou na simples açorda alentejana. Para além destas, serve o cozido à portuguesa, o que obriga muitos viajantes para o Algarve a fazerem uma paragem.  
Das 12h às 16h e das 19h às 23h. Encerra à quinta-feira.
Estrada Nacional 259, Canal Caveira
Tel.:  269 478 168
Site: Canal Caveira


CASTELO DE VIDE


D. Pedro V
Reconhecido nacional e internacionalmente, são muitos os seus pratos elogiados: sopa de cação, bacalhau com espargos, bacalhau à Beirão, pato com framboesas agridoce, migas de batatas com costado frito, plumas de porco preto ou o famoso cozido à portuguesa (à quinta-feira).
Encerra à segunda-feira.
Praça D. Pedro V, 10, R/C Esq.
Tel.: 245 901 236
Site: D. Pedro V



Exibições: 19274

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Francisco Mendes Alvim em 17 Novembro 2011 às 17:10

Já provei o do painel e posso garantir que me soube pela vida :)

Comentário de Margarida Alexandra da Piedade S em 11 Novembro 2011 às 15:57

Muito interessante o Cascais Restaurant Week.

No Toscano, o menu é muito apelativo, a comida muito bem confeccionada e o serviço impecável. Tem, nos meses mais frios, a lareira acesa, o que se torna bem agradável. Além disso, tem uma carta de vinhos das melhores que encontramos em Portugal, com uma relação qualidade/preço muito boa. Recomenda-se vivamente que lá vão!

Ainda neste evento, experimentei um restaurante que não conhecia e fiquei rendida. Os Prazeres da Carne tem uma localização privilegiada, uma simpatia que já é raro encontrarmos e umas entradas e um bife de comer e chorar por mais.

 

Ainda no mesmo evento, decepcionantes alguns menus, como o do Porto de Santa Maria, ou do Miragem. Menus deste tipo não me parece que prestigiem restaurantes desta categoria. Provavelmente, se o preço do evento não lhes interessa, seria melhor simplesmente não participarem.

Comentário de MyGuide em 9 Novembro 2011 às 12:31

Extra, extra! Recebemos entretanto um press que nos diz que o restaurante Chá com Água Salgada também serve, todos os primeiros domingos do mês, um buffet de cozido à Algarvia. Com carnes e enchidos de porco preto ibérico, batata-doce, grão, acelgas, repolho, entre muitas outras iguarias, deve ser uma delícia. Onde? Na Praia de Manta Rota, em Vila Nova de Cacela (Telf.: 281 952 856/ 913 660 057)

Comentário de MyGuide em 2 Novembro 2011 às 11:06
Obrigado, Marina. Faltava-nos, de facto, alguma sugestão nos Açores.
Comentário de Marina Soares em 31 Outubro 2011 às 16:20

Reparei agora que já tinham mencionado o Espaço Açores no artigo!!! ;) Fica a minha sugestão para se provar o Cozido das Furnas in loco.

Comentário de Marina Soares em 31 Outubro 2011 às 16:19

Huummm.... Adoro Cozido à Portuguesa! Tão simples e tão bom... e tão mauzinho para se fazer em casa (a não ser que se tenha uma famíla grande!)... É por isso que as vossas sugestões vêm a calhar. Junto-lhes uma outra, imperdível, a variação insular do prato: O "Cozido das Furnas"!

Entre outros, eu provei o do restaurante do "TERRA NOSTRA GARDEN HOTEL". Não há cenário mais adequado para degustar esta iguaria!


COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço