GASTRONOMIA: Coisas boas e saborosas do Natal português

A cozinha tradicional portuguesa é considerada, por nacionais e estrangeiros, uma das mais sugestivas e saborosas. Em qualquer estação do ano, os produtos de cada época influenciam a confecção das receitas que enriquecem a gastronomia lusa.

Em época de Natal, surgem certos doces e produtos que já fazem parte das festividades e que têm sempre lugar na mesa da consoada ou nos almoços do dia 25, onde as famílias degustam com prazer os alimentos que têm grande aceitação nesta quadra do ano.

PÃO-DE-LÓ DE FELGUEIRAS

O Pão-de-Ló Tipo Margaride data de há mais de dois séculos sendo originário da Vila do mesmo nome, no concelho de Felgueiras. Este bolo costumava fazer-se em casa e bater-se à mão. Era um trabalho de mulheres determinadas, de braços fortes e enérgicos, que durante quase uma hora batiam os ovos e o açúcar até os transformarem numa espuma cremosa e delicada. A tarefa era árdua e justificava a entreajuda, a partilha do esforço, mas também do prazer de criar um alimento de festa, que vinha quebrar a monotonia e a pobreza das mesas da Quaresma.

PRESUNTO DE MAÇÃO

O presunto nacional produzido na localidade de Envendos, no concelho de Mação, região com um microclima especial, tem características únicas e uma excelente qualidade. Resultam de uma rigorosa selecção de matéria-prima e de um controlo de qualidade exigente durante o seu fabrico. O processo de cura dos presuntos oferece-lhes um sabor intenso, delicado, agradável e persistente.

QUEIJO DA ILHA DE SÃO JORGE

O queijo São Jorge é um dos produtos mais conhecidos dos Açores. Produzido com leite cru de vaca e curado no mínimo 4 meses, tem sabores e aromas intensos com um final picante, bem ao gosto dos seus apreciadores.

FRUTOS SECOS

Nesta quadra natalícia os frutos secos desidratados são presença constante nas mesas da consoada. A noz, a avelã, o pinhão, as passas, os figos, os pêssegos, as ameixas e as tâmaras proporcionam uma agradável e inesquecível experiência aos paladares mais exigentes.

BACALHAU… SEMPRE

Não há Natal sem bacalhau nas mesas. O “Fiel Amigo” dos portugueses tem lugar privilegiado em cada lar, pobre, modesto ou rico… As características do bacalhau salgado seco que, depois de demolhado, para retirada do excesso do sal, salientam-se ainda mais nas variadas e mil maneiras de ser servido à mesa. Porém, em noite de Natal, manda a tradição que ele seja cozido e acompanhado de batatas, couve portuguesa (ou galega) e cenouras, bem regado de puro e fino azeite produzido nas regiões do Norte e do Alentejo.

C - 21-12-2011

Exibições: 2165

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Pedro Castanheira em 22 Dezembro 2011 às 23:45

São os pecados de uma época do ano. Compensamos o mal que faz, com o bem que sabe. Abençoado Natal...

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Pintar como os grandes

Criado por Agenda MyGuide 24 Nov 2020 at 18:30. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide terça-feira.

É um restaurante?

Criado por Agenda MyGuide 9 Nov 2020 at 11:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9 Nov.

Contagem decrescente para o Halloween

Criado por Agenda MyGuide 21 Out 2020 at 12:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 30 Out.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço