CRIANÇAS: Como fazer uma abóbora de Halloween e o que fazer com o recheio

O Halloween é já no dia 31 de Outubro. Mesmo que não seja um grande fã do Halloween norte-americano, aconselho-o experimentar esculpir uma abóbora. Para tal, fiz uma compilação de modelos de abóboras assustadoras, umas dicas de como o fazer e receitas práticas para o recheio.

Materiais necessários:
• Uma folha de papel
• Uma caneta de filtro
• Um jornal ou uma toalha
• Uma faca
• 2 tigelas
• Uma colher
E, por último, não obrigatório mas extremamente gratificante, crianças.

  1. Com o papel e caneta desenhar a cara assustadora desejada. Para tal, faça vários rabiscos e pense em formas de personalizá-los, como por exemplo: vamos utilizar os olhos maus da Maria, as sobrancelhas surpreendentes do João, etc.

    Aqui ficam algumas ideias para a sua abóbora:















  2. Depois de ter o conceito vamos passar para a abóbora. Pegue na caneta de filtro e tente replicar a cara do papel na abóbora. Para que tenha uma orientação, comece por fazer pontos e depois conecte-os. Não se preocupe com assimetrias, aqui o propósito é diversão.

  3. Pegue nos jornais e espalhe-os pela mesa (acredite que, no final, vai agradecer-me. :o)

  4. Desenho acabado, passamos à parte mais divertida, retirar o recheio. Comece a cortar o topo da abóbora com a faca e retire-o (dica: não se esqueça que a linha de corte será o cabelo da abóbora assustadora).

  5. O passo seguinte é retirar o recheio com as mãos. A parte mais divertida é esta, meter a mão na massa, por isso não comece já com a colher (dica: considerada a melhor parte para as crianças). Retire os fios e as pevides separando-os pelas duas tigelas, pevides para um lado, fios para o outro. Agora sim, está na hora de retirar um pouco mais das paredes da abóbora e os fios chatos que teimam em não sair, pegue na colher e comece a “limpar” todo o interior juntando tudo na tigela dos fios, este será o seu recheio para as receitas mencionadas em baixo (dica: retire, pelo menos, as gramas necessárias para a receita que selecionar em baixo).
  6. Agora pegue na faca e comece a cortar a cara assustadora de Halloween. Quando retirados todos os olhos, bocas e adereços, no fundo da abóbora, crie um espaço plano com a colher para a sua vela (dica: utilize velas rasas, para que a vela fique escondida no fundo).

Parabéns, já concluiu a sua abóbora! Agora, aproveite o recheio nas receitas seguintes. Happy Halloween!

Tarte de Abóbora:

INGREDIENTES:
1 base de massa folhada fresca de compra
500 gr de puré de abóbora (recheio triturado, sem pevides)
200 gr de açúcar
3 ovos
raspa e sumo de uma laranja grande
1 colher de sopa de farinha maisena
2 pacotes de natas
Açúcar em pó q.b.

PREPARAÇÃO:

1. Coloque a massa numa tarteira (pique o fundo).
2. Misture todos os ingredientes, deite sobre a massa e leve ao forno a cozer.
3. Retire do forno e deixe arrefecer, polvilhe com açúcar em pó.

 

Doce de Abóbora

INGREDIENTES:
1.300Kg de abóbora
1 Kg de açúcar escuro
2 paus de canela
1 colher de chá de canela
1 casca de laranja

PREPARAÇÂO:
1. Coloque todos os ingredientes num tacho e leve a lume brando mexendo de vez enquanto, até formar ponto de estrada, (ao colocar um pouco de doce num prato e passar com o dedo formar uma estrada).
2. Retire a casca de laranja e os paus de canela e triture com a varinha mágica.
3. Coloque ainda quente em frascos devidamente esterilizados e secos e vire para baixo para criar um vácuo natural. Guarde em local sem luz direta e fresco, (tipo despensa ou armário longe do fogão)
4. Fica ótimo numas tostas com requeijão e doce por cima.

 

Tarte de Abóbora

INGREDIENTES:
500 gr de abóbora
4 ovos
300gr de açúcar
30 gr manteiga
1 colher chá canela
200 gr farinha
1 colher chá fermento
sal
PREPARAÇÃO:
1. Coza a abóbora em água e sal. Depois de cozida escorre-se e reduz-se a puré.
2. Bata os ovos com o açúcar até ficarem em creme, junte depois a abóbora.
3. Adicione a manteiga derretida e a canela. Envolva de seguida a farinha e o fermento previamente peneirados.
4. Vai a cozer por 15 minutos em forno a 200ºc, num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Depois de cozida desenformar sobre um papel vegetal ou pano polvilhado com açúcar. Enrolar com a ajuda do papel vegetal.

 

Pudim de Abóbora

INGREDIENTES:
900g de abóbora amarela descascada e cortada em pedaços
250g de açúcar
1 pau de canela
8 ovos
150g de açúcar (para o caramelo)
125 ml de água

PREPARAÇÃO:
1. Numa panela coloque a abóbora, metade dos 250g de açúcar e o pau de canela.
Mexa, tape e deixe cozinhar em lume brando durante 1 hora.
Passado 1 hora retire o pau de canela e passe tudo com a varinha mágica.
Mexa e logo que comece a ferver apague o lume.
Deixe arrefecer totalmente.
2. Numa forma de pudim, coloque a água e os 150g de açúcar.
Mexa e deixe ferver em lume médio aproximadamente 10 minutos até que fique caramelo.
Quando estiver caramelo, retire a forma do lume.
Com a ajuda de uma colher, forre a forma com o caramelo.
3. Numa tigela, coloque a abóbora já fria, o restante açúcar e os ovos partidos.
Bata até que tudo fique bem misturado.
Coloque o preparado na forma e tape-a.
Coloque a forma dentro de um tacho largo e adicione água até meio da forma para que coza em banho-maria.
4. Leve ao forno pré-aquecido a 190º e deixe cozer aproximadamente 1 hora.
Passado 1 hora, com a ajuda de um palito, certifique-se se está cozido e retire.
Deixe arrefecer um pouco e desenforme.
Fonte: pt.petitchef.com

Pevides

INGREDIENTES:
Pevides de abóbora
Sal

PREPARAÇÃO:
1. Retire as pevides à abóbora e ponha-as espalhadas ao sol durante um dia ou dois, até estarem secas e se soltarem bem umas das outras.
2. Ferva as pevides secas durante vinte minutos numa solução saturada de sal, isto é, que já não consegue dissolver mais sal.
3. Escorra-as e ponha de novo ao sol, até que ficam secas e cobertas por pequenos cristais de sal. C
4. Chegou o momento da torra, que é o único verdadeiramente delicado. Pode fazer-se no forno médio (160-170ºC) em tabuleiro, que se vai mexendo para ir virando as pevides, ou da forma rápida e tradicional (a minha preferida) que é numa frigideira ao lume, mexendo as pevides em permanência. Dentro de poucos minutos, poucos, as pevides começam a estalar e é sinal que a torra está pronta. Retire do lume e deixe arrefecer por completo para que se revele o estaladiço.
5. Depois é o costume: descascar segundo a sua técnica pessoal, com as unhas, por pressão entre os dedos, com os dentes, a boa pevide deve manter a película interna verde pois ao passar a castanho fica amarga.
Fonte: outrascomidas.blogspot.pt/2013/07/fazer-pevides.html

Exibições: 11693

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço