Irish & Co. – O Espírito Irlandês no Seio de Lisboa

Eu e o meu grupo de amigos decidimos jantar num local diferente, com combinação gastronómica proveniente de 2 países com muito em comum, espírito pub, cerveja de culto, música ao vivo, e agradável atmosfera baseada na cultura irlandesa. Este local intitula-se Irish & Co.



O primeiro restaurante Irish & Co. foi inaugurado no ano 2000, e actualmente está presente em 3 locais de Lisboa – Parque das Nações, Doca de Santo Amaro e Rossio -, e também em Vilamoura, no Algarve, e em Vila Nova de Gaia, no norte do país.
O Irish & Co. que visitei situa-se no Parque das Nações, e o bar/restaurante é envolvido por uma arquitectura tipicamente de madeira que combina o soalho com ripas rectangulares em toda a área, as escadas centralmente incorporadas que nos transportam para o piso superior, as mesas e cadeiras com ângulos rectos, transmitindo ao visitante um ambiente quente e acolhedor.

O conceito nasceu a partir das semelhanças culturais existentes entre a Irlanda e Portugal, através do espírito boémio típico de um pub irlandês, o ambiente de convívio, animação e festa, não deixando de parte a culinária que satisfaz o bom garfo português e incorpora a saborosa cozinha da Irlanda.

Irish & Co. - Parque das Nações

 

Os menus preparados pelo Irish & Co. tentam recriar a culinária Irlandesa de forma autêntica e com produtos preparados segundo os métodos originais das diferentes regiões de onde originam. Os pratos variam entre peixe, carne e hambúrguer destacando-se o Stout Medallions, Jameson Steak, Bife Grelhado / Bife Pimenta, sempre acompanhado pelo tradicional arroz, batata frita, vegetais do dia ou ovo estrelado, constando também as entradas e doces com fortes influências Irlandesas. O arranjo dos pratos despertou-me a atenção, pois todos os pratos que pedimos vinham servidos de forma diferente, e esse facto transforma cada refeição num momento único! Infelizmente não encontrei o típico guisado irlandês, mas quem sabe no futuro encontre este prato típico disponível.

As bebidas alcoólicas são uma das imagens de marca do Irish & Co., no qual é destacado uma vasta selecção de whiskys Irlandeses e as cervejas, Guinness, Kilkenny e Tetley's, não deixando de parte os bons vinhos nacionais de qualidade.

Distingo ainda como toque de subtileza os originais candeeiros alimentados a gás presentes na esplanada exterior, que mais se assemelham a fogareiros utilizados para aquecimento, os pequenos artefactos que podemos encontram dentro do Irish & Co., que vão desde barris da Guiness, sacas, quadros típicos e outros objectos que nos remete para o espírito irlandês, e ainda o enorme “Spowith Camel”, uma réplica do avião que pertenceu ao piloto canadiano Captain Roy Brown em 1918, quando o mundo enfrentava a primeira guerra mundial.


Irish & Co. - Parque das Nações 



História do Captain Roy Brown e o avião “Spowith Camel”

Conta a história que, em Abril de 1918, nos céus franceses do Vale de Somme desenrolava-se mais uma incrível batalha entre os aliados e os alemães. No meio destes, destacava-se o maior mito da aviação militar alemã, Rittmeister Manfred von Richtofen mais conhecido como o "Barão Vermelho", voando no seu inconfundível Fokker triplano vermelho. O seu palmarés incluía 80 vitórias sobre os aviões inimigos, mas, no entanto, este dia ficaria para a história quando o piloto canadiano Captain Roy Brown, perseguindo o Barão que se preparava para eliminar mais um inimigo, dispara uma rajada de 40 balas e abate o famoso avião alemão.

Foi sem dúvida a mais importante vitória reclamada para um “Sopwith Camel” em batalha e que colocou o avião entre os mais populares de sempre, sendo considerado por muitos o caça mais famoso e bem sucedido ao serviço dos aliados na Primeira Grande Guerra (1914 – 1918), com o maior registo de vitórias conquistadas nos céus da Europa (perto de 1300) e ainda o avião mais manobrável, rápido e temido pelos pilotos inimigos.

O protótipo deste biplano voou pela primeira vez em Dezembro de 1916, impulsionado por um motor Clerget 92, de 110 cavalos de potência e armado de duas metralhadoras Vickers 303 de 7,7 mm montadas em cima do painel de instrumentos que disparavam em sincronia com a hélice. Em Julho e 1917 entrou ao serviço do Royal Flying Corps, e foram produzidos cerca de 5.500 unidades.

Irish & Co. - Doca de Santo Amaro


Restam apenas sete exemplares originais espalhados pelos mais famosos museus aerónauticos do Mundo. A réplica apresentada no Irish & Co foi construída em Lisboa por João Paulo Giestal, Carine Demoustier e Luis Lacerda Teixeira.

 


Venha conhecer pessoalmente a história do Captain Roy Brown e do seu avião “Spowith Camel” ao som de agradável música ambiente e com disfrute de belas cervejas Guiness entre amigos, no Irish & Co. – o verdadeiro espírito da Irlanda.

Exibições: 1764

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço