VIAGENS (lá fora): Relato de viagem - Moscovo em cinco dias

Na longínqua capital russa descobri que apesar da timidez inicial o povo russo tende a ser afável e com carácter hospitaleiro, apesar das óbvias dificuldades linguísticas com a chamada língua universal, o inglês. Não estranhando, confesso igualmente a minha clara dificuldade com o russo e com o afamado alfabeto cirílico.

Deixo apenas uma nota adicional: boa vodka mas igualmente bom kvass!

Postas estas considerações irei apresentar as minhas sugestões para cinco dias em Moscovo baseadas na experiência pessoal.

Dia 1

A chegada a Moscovo, pelo menos em voos Iberia ou TAP, será pela madrugada o que nos fará acusar algum cansaço pelo que a sugestão do primeiro dia tende a ser relativamente tranquila.

Para uma boa ambientação a Moscovo, alfabeto, língua e orientação sugiro a realização do Free Walking Tour. Este tour é gratuito, e percorre os principais pontos da cidade, introduzindo-a e transmitindo um pouco da sua turbulenta história.

As Free Walking Tour são um conceito muito em voga na Europa, e residem na participação de uma caminhada pela cidade com um guia local onde são apresentados os principais aspectos da cidade.  Estes tours são gratuitos, baseando-se em gorjetas a atribuir ao guia no final pelo nosso grau de satisfação. Fortemente recomendável como introdução à cidade, percorrendo o Bairro Inglês, Catedral de São Basílio, Praça Vermelha, GUM, Jardins de Alexander e terminando junto à entrada do Kremlin. 

A tour tem a duração de 2,5 horas sendo que no final recomendo um almoço no GUM, centro comercial junto à Praça Vermelha que resulta num local de charme e agradável para um passeio, estando situado no local de um antigo mercado de Moscovo. Recomendo a cantina situada no andar cimeiro, numa das pontas. De sobremesa não esquecer de provar os afamados gelados russos disponíveis nos andares inferiores.

Após a pausa retemperante para almoço sugiro um passeio calmo pela Praça Vermelha e arredores antes de ir descansar.

Dia 2

Após alinhar alguns horários sugiro regressar à Praça Vermelha contemplando uma vez mais e com a atenção devida e merecida a Catedral de São Basílio. Claramente deslumbrante por fora, o interior, embora menos espectacular, merece seguramente uma visita de forma a contemplar este magnífico templo na sua plenitude. Como curiosidade ressalve-se que esta catedral esteve prestes a ser implodida por Napoleão quando o rastilho foi apagado pela chuva, tendo estado igualmente sob ameaça dos comunistas. A história conta igualmente que os olhos do arquitecto foram arrancados de forma a este não construir edifício semelhante em qualquer outro lugar. As lendas também fazem parte da história!

Após a visita à Catedral de São Basílio e atravessando a Praça Vermelha há que rumar para a igualmente bela Catedral de Cristo o Salvador. Esta Catedral embora original é de construção bastante recente, sendo uma réplica da verdadeira Catedral, esta sim implodida pelos comunistas numa tentativa de eliminar a atração do povo pela religião.

Hoje merece uma cuidada visita, sendo de realçar o belíssimo interior bem ao estilo das igrejas ortodoxas. Uma nota importante para o visitante reside no facto de nas Igrejas Ortodoxas ser proibido entrar de calções ou vestes mais descontraídas. Em frente da Catedral situa-se uma relíquia dos tempos soviéticos, sendo uma área de serviço perfeitamente preservada, embora inactiva e que nos remete para outros tempos. Sem dúvida um ponto curioso que merece uma visita.

Atravessando o rio Moskva poderemos entrar na antiga área ocupada pela famosa fábrica de chocolates soviética, a Red Oktober, hoje transformada num local de lazer com vários bares, galerias e restaurantes, embora com maior actividade nocturna que diurna. Nesta mesma ilha, e a merecer igualmente atenção, está a estátua a Pedro o Grande de dimensões sobrenaturais e dominando o rio Moskva.

Voltando a seguir na direcção da Catedral de Cristo o Salvador vamos encontrar a velha rua Arbat, característica na sua actividade comercial e seguir em direcção a Kievskaya, para finalizar o dia com um cruzeiro pelo rio, com uma vista deslumbrante sobre o Kremlin. A não perder igualmente no final do cruzeiro a visita ao mosteiro Novopassiky, igualmente um exemplar belo da arquitectura ortodoxa russa.

Dia 3

O terceiro dia é dedicado ao Património Mundial da Unesco presente em Moscovo e inicia-se com uma visita ao Mosteiro de Novodevichy. Exemplar belo da igreja ortodoxa russa, e com enquadramento idílico com o rio Moskva aparece-nos como um refúgio ao bulício desta mega-capital sendo portadora de uma vasta história presente nos seus edifícios e muralhas. Recomenda-se visitar acompanhado de um bom guia dado grande parte da informação estar apenas em russo.

Em seguida há a possibilidade de visitar o cemitério de Novodevichy, onde grandes figuras russas repousam.

Encaminhamo-nos em seguida para outra das pérolas moscovitas, o parque Kolomonskoye, onde se situa a catedral da Ascenção igualmente Património Mundial. O parque por si só merece uma visita cuidada, dada a sua grande extensão, sendo local com belos recantos e extremamente aprazível para um belo passeio. a praça onde se situa a catedral com todos os seus edifícios é extraordinariamente bela.

Descendo e caminhando junto ao rio poderemos visitar na outra entrada do parque o palácio do czar Alexis Mikhailovich. Este palácio é totalmente executado em madeira sendo uma réplica de outro existente neste local. Verdadeiramente extraordinário.

 

Dia 4

Iniciamos o quarto dia com a visita ao mítico e único Kremlin com a sua praça das catedrais, símbolo maior de Moscovo, que deixa o visitante sem palavras. Qualquer uma das catedrais é exemplo maior da arquitectura russa devendo ser cuidadosamente apreciado. Neste caso em particular, e para quem quer verdadeiramente apreciar todos os detalhes desta obra de arte, sugiro a contratação de um guia local ou um bom guia escrito a acompanhar.

Da parte da tarde sugiro visita a alguns dos museus da capital russa como o Museu Gulag, onde ficamos a conhecer a história destes campos de concentração com trabalhos forçados para os dissidentes políticos russos, ou o museu do Cosmonauta onde para os aficionados da história espacial se ficará a conhecer e ver  vários objectos únicos. Este último museu fica numa zona bastante bela onde o monumento ao cosmonauta e vários pavilhões criados para a exposição do mundo russo coabitam, proporcionando uma visão do mundo soviético e do seu poderio.

 

Dia 5

 

Como não poderia deixar de ser, este é o dia reservado aos souvenirs, sendo o melhor local em Moscovo para tal, e de grande beleza, o mercado de Izmailovsky com o seu kremlin. Inicialmente pensamos estar na Disneylândia ou num parque de diversões, apenas percebendo em seguida que estamos num kremlin (fortaleza). Neste local actualmente encontram-se inúmeras lojas de souvenirs, restaurantes e é local de eleição para casamentos, com as grandes limusines esperando! Encontra-se igualmente um mercado de rua onde se conseguem encontrar alguns artigos extremamente interessantes.

Depois dos souvenirs há que gastar 30 rublos (cerca de 0,70€) e visitar as principais estações de metro russas. Verdadeiramente grandiosas, únicas  e extremamente cuidadas. A não perder!

Moscovo é uma cidade de monumentos e locais para visitar, conseguindo surpreender pela positiva o visitante menos preparado.

Não pretendendo ser um guia extensivo, serve esta descrição como relato pessoal da minha experiência moscovita.

 

Exibições: 5060

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Nuno Miguel de Oliveira Costa em 11 Julho 2013 às 14:20

Obrigado! É realmente uma cidade a descobrir. Não se revela á primeira vista!

Comentário de Ana Tomasi em 11 Julho 2013 às 12:44

Bom roteiro. Vou "guardar". Moscovo está na minha lista.

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Contagem decrescente para o Halloween

Criado por Agenda MyGuide 21 Out 2020 at 12:32. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 14 horas atrás .

A festa das massas

Criado por Agenda MyGuide 7 Out 2020 at 12:34. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 7 Out.

Algarve a pé

Criado por Agenda MyGuide 6 Out 2020 at 12:36. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 6 Out.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço