PASSEIOS (cá dentro): Parque dos Poetas foi alargado e já chega ao Século XIII

O que têm em comum a inspiração de Camões, as trovas de D. Dinis e o Teatro de Gil Vicente? Todos eles passam agora a ter a sua homenagem no Parque dos Poetas, em Oeiras, que inaugurou um novo espaço de sete hectares em homenagem aos poetas portugueses do século XIII ao século XVII.

 

Inaugurou em Oeiras a primeira fase de ampliação do Parque dos Poetas. O espaço criado em homenagem à poesia e poetas portugueses conta agora com mais 7 hectares, que se juntam aos 12 já conhecidos. A parte agora completa corresponde à Zona B da segunda fase do parque, que no futuro virá a ter um total de 27 hectares de espaços verdes à disposição de todos os que visitam Oeiras.

A nova parte do Parque dos Poetas é uma homenagem aos homens das letras entre a época medieval dos trovadores até aos épicos renascentistas do tempo dos Descobrimentos. Ao todo são treze os poetas que passam a ter os seus próprios espaços nesta nova construção situada na extremidade sul do parque e onde cada um terá a escultura que lhe faz homenagem. Na lista dos novos “inquilinos” do Parque dos Poetas entram alguns dos maiores nomes da poesia em Portugal, desde o Rei-Poeta D. Dinis e passando por figuras como Garcia de Resende, Bernardim Ribeiro e Gil Vicente.

Mas o principal espaço desta Zona B estará dedicado a Luís Vaz de Camões, o maior poeta português de todos os tempos. No seu espaço estará um lago para as pessoas contemplarem a Ilha dos Amores, um dos cenários de “Os Lusíadas” que é aqui retratado. O espaço tem a própria gruta da ilha referida por Camões e também terá espelhada na água a inspiração das 14 Tágides, as ninfas do Rio Tejo.

Nos sete hectares agora inaugurados fica também uma fonte luminosa, onde as pessoas podem ver um espectáculo que mistura luz, som e água numa agradável sinfonia audiovisual. A entrada para o espaço é feita através da Alameda dos Poetas, ponto de partida para a edificação do Parque dos Poetas e que ganha assim uma localização ainda mais central.

O novo espaço foi projectado pelos arquitectos paisagistas Francisco Caldeira Cabral e Elsa Severino, que dotaram esta Zona B com as treze esculturas criadas por igual número de artistas. A nova zona é atravessada por diversos riachos e aumentou ainda mais os espaços relvados e ajardinados do Parque dos Poetas, circundando essa nova mancha verde com as icónicas Tipuanas que dão a sua sombra aos muitos visitantes do parque.

Mais informaçãosobre o Parque dos Poetas em BestGuide.pt

Exibições: 1818

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de Pedro Castanheira em 12 Março 2013 às 12:12

É um parque agradável e um espaço de lazer inserido numa zona habitacional de grande densidade.

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço