ROCK IN RIO LISBOA 2016: Por trás da Cidade do Rock

Uma piscina, uma fonte, uma fábrica de sofás, street dance e até mesmo experiências gastronómicas, tudo sob um sistema de controlo inteligente, são alguns dos ingredientes que vão agitar este festival.

 A mais famosa cidade do rock abriu as portas à imprensa para dar a conhecer as novidades que farão parte da edição deste ano. Entre as principais contam-se as Pool Parties que terão início às 18h, cerca de três horas antes das restantes exibições da tenda. Famosa pelas grandes festas, e uma das cidades mundiais a receber este festival, Las Vegas é a inspiração deste tipo de diversão que pretende ir mais além. As pool parties, que até hoje faziam parte do imaginário dos filmes americanos, ganham vida no parque da Bela Vista em pleno palco Eletrónica. Numa dimensão de 50 m2 poderá viver as noites do rock em clima de sunset de verão. Artistas como Holy, Dj Vibe, John Player Special, Poppy, Dj Al e Pedro Cazanova, são alguns dos nomes que irão soar. O ambiente de extravagância da cidade americana que nunca dorme materializa-se ainda numa enorme fonte que decorará a entrada do recinto, recebendo os seus visitantes em grande estilo.

 

Mais inteligente que nunca…

A ideia de espetacularidade aplicada ao visual prolonga-se ao invisível das massas no sistema de controlo operacional, ao tornar esta a primeira cidade do rock inteligente. O ar, a água, o lixo, e as casas de banho irão constar de um painel no centro de controlo, que assegurará a qualidade dos mesmos no recinto, reforçando não só o bom funcionamento do festival, como o conceito de sustentabilidade ambiental que faz parte das bases da sua criação. Este sistema de “smart cities” vai permitir a recolha do lixo no tempo adequado, o controle de abastecimento de água potável no recinto, bem como o excesso de emissões de fumo nos palcos e os gastos energéticos de cada área. Contudo, são as casas de banho - intituladas por Roberta Medina como sendo “o seu xodó”, isto é, as suas “queridinhas”, o seu motivo de orgulho - o maior fator surpresa. Nas edições anteriores formavam-se filas imensas apenas em alguns pontos do festival e não havia forma eficaz de conduzir as pessoas a outras casas de banho livres. O medo de se depararem com outra fila igualmente grande levava as pessoas a permanecer onde estavam. Este ano, cada casa de banho irá contar com um painel digital que informará acerca de quantos espaços se encontram livres naquele local, e quantos estão disponíveis noutros pontos. Cada uma das casas de banho será ainda equipada com um tipo de temporizador que, ultrapassado um determinado tempo, acionará na central um alerta de socorro.

Mas nem só de inéditos se podem definir as novidades. Parte delas provêem de melhorias de ações de sucesso do passado. É o caso dos sofás insufláveis. Eles continuam presentes entre os brindes a distribuir, mas desta vez uma fábrica dos mesmos, com quatro portas de distribuição, foi criada para que todos possam desfrutar do tão ambicionado modo de descanso.

“O povo sabe o que quer, mas também quer o que não sabe”

 Medina cita Gilberto Gil para apresentar o investimento do festival em trazer para junto do público formas artísticas que não são facilmente procuradas, ou de difícil acesso, dando oportunidade ao que é novo. É o caso da street dance ou dos talentos musicais promissores.

 Pioneira na parceria com este evento, a Vodafone, patrocinadora oficial, em conjunto com a Vodafone fm, continua a adotar as novas sonoridades e promessas da música nacional, sendo delas o domínio do palco a que dá o nome. Do rock pesado ao indie, vários serão os estilos que aqui serão tocados, sem poder deixar para trás os já conhecidos “Capitão Fausto”, “Mighty Sands”, “The Sunflowers” e “Isaura”.

Deixe-se envolver…

Por sua vez, o palco Street Dance dá visibilidade a grupos que levam a outro nível os movimentos da dança e do corpo, ao adotarem características urbanas coreografadas como base da força que transmitem. Jukebox Crew, grupo residente do Rock in Rio,e Bootcamp são alguns dos grupos com que poderá contar, bem como a presença do Cifrão e da Blaya na realização de coreografias.

Ainda com o intuito de expandir o espírito dançante do público, em homenagem às cidades que recebem o Rock in Rio e em continuação do sucesso do ano passado, serão feitas danças e coreografias entre os intervalos dos concertos, com a participação de bailarinos e coreógrafos, contagiando a multidão.

A  EDP Rock Street, este ano pintada em tons que lembram as ruas de Salvador da Baía, vai também unir a dança à música. Acolhendo os ritmos tradicionais brasileiros, vai receber músicas do forró ao samba, em misturas de rock, com temas de Luís Gonzaga, Tom Jobim, Tim Maia e Martinho da Vila. Os ritmos baianos do berimbau, acompanhados de exibições de capoeira e das famosas baianas vestidas de rendas e branco, serão alguns dos destaques a apreciar.

Ao sabor do rock…

Com a dimensão de 50 estádios de futebol, o que não faltam são diversas formas de entretenimento no espaço. A gastronomia tornou-se uma delas. Numa rua especialmente dedicada às degustações, ter-se-á acesso a sessões de show cooking e às iguarias de cozinha de autor, com uma média de preços de 5€. Chefes como Vitor Sobral, Chef Kiko, Nuno Bergonse, bem como o espaço XL, são presença garantida. O menu de degustação da tenda VIP ficará a cargo do chef executivo da Casa do Marquês. Não precisará escolher entre tirar fotografias aos pratos ou aos palcos, pois estarão disponíveis no recinto locais para carregar os telemóveis. Abusar das selfies e divulgar cada nova experiência vais ser possível.  

Por fim as novidades do backstage que mais suscitam curiosidades: os camarins. De maiores dimensões desde a comitiva trazida pelos Rolling Stones na edição anterior, este ano a sua decoração foi inspirada em temas campestres, sendo dividido entre cores de maior agrado feminino e masculino. Os camarins femininos contam com tons claros, entre brancos, prateados e dourados, enquanto que os masculinos assumem tonalidades mais quentes e escuras como os castanhos e os pretos.

Nos lounges criados como espaços comuns dos artistas, os azulejos portugueses em azul e branco, assumem os padrões da decoração, onde Lisboa é a fonte de inspiração.

Em resposta à pergunta de praxe sobre as exigências dos artistas apenas foi dito que nada de invulgar foi pedido este ano, sendo um tipo específico de flores, das poucas coisas mencionadas com antecedência. Segundo a organização, a surpresa em simplicidade foi por parte da Ariana Grande, que por ser nova se esperavam exigências mirabolantes, e na verdade apenas referiu que queria comida orgânica e leite de arroz.

Nas palavras do vereador de Lisboa, José Sá Fernandes, “as montagens deste evento estão cada vez mais afinadas”, sendo esta promoção de entretenimento uma fonte de felicidade para toda Lisboa, residente e turística. O Rock in Rio é exemplo de produção de eventos a nível mundial.

Um festival mainstream, para se divertir entre amigos e família, que abre as portas esta quinta feira com Bruce Springsteen & The Street Band, Xutos e Pontapés e Stereophonics no palco mundo. Em cartaz entram os nomes de  Queen + Adam Lambert, Hollywood Vampires, Maroon 5, Avicii e Ariana Grande.

Deixe-se contagiar pelo ritmo e intensidade do Rock in Rio Lisboa, a cidade do rock em Portugal.

Maria Carlota Soares da Veiga

Exibições: 301

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Magical Garden

Criado por Agenda MyGuide 1 Out 2020 at 16:27. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 1 hora atrás .

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

© 2020   Criado por MyGuide S.A. Livro de reclamações   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço