PASSEIOS (cá dentro): Alfama, Mouraria e Graça, com alma renascida

Percorrer a pé as suas estreitas vielas é partir à descoberta de uma Lisboa de outrora, com a roupa a secar na corda e os vasos de flores na janela, reciclada aqui e acolá com projectos e espaços comerciais dos nossos tempos.

Com origem muçulmana, os bairros populares de Alfama e da Mouraria guardam na estrutura labiríntica das suas ruas a memória desse seu passado.
O verdadeiro encanto destes bairros consiste nas suas vielas que se dividem em soalheiras pracetas de onde partem escadinhas até ruelas castiças e becos floridos. Contudo, as suas ruas desordenadas e estreitas não foram feitas para divertimento dos visitantes ou desespero de corajosos condutores, mas sim para melhor defender e ventilar as suas casas.
O comércio tradicional ainda sobrevive nestes bairros, trocando as designações de hiper ou de supermercado por mercearias, tascas ou drogarias.
Palco privilegiado dos festejos do Santo António, as festas da cidade que decorrem em Junho, estes bairros estão cada vez mais animados durante todo o restante ano, com a chegada dos mais jovens às suas casas remodeladas e às lojas, restaurantes e espaços nocturnos de cariz mais alternativo.

Alfama

Tal como a Mouraria, Alfama é um dos bairros mais antigos de Lisboa, fundado pelos árabes que lhe deram o nome de “Al-hama” (as fontes). A cada curva descobrem-se becos, largos e pátios, alguns deles muito bonitos como a Calçadinha de Santo Estêvão e também as fontes mais antigas da cidade, como o Chafariz Real e o Chafariz de Dentro. Contudo, as ruas desordenadas e estreitas de Alfama não foram feitas para divertimento dos visitantes ou desespero de corajosos condutores, mas sim para melhor defender e ventilar as suas casas. Casas essas que começam agora a ser recuperadas por jovens habitantes, misturando o moderno com o tradicional e dando nova vida ao bairro,
Nas Portas do Sol há uma boa oferta de restaurantes e cafés e um bonito miradouro.

Mouraria
A Mouraria, assim como Alfama, é um dos bairros mais tradicionais de Lisboa. O seu nome nasceu após a conquista de Lisboa altura em que D. Afonso Henriques confinou este bairro da cidade aos muçulmanos.
Foi nestes bairros que tiveram origem as primeiras produções de arte mudéjar portuguesa que mais tarde abririam caminho ao aparecimento do estilo Manuelino, de que é exemplo o emblemático Mosteiro dos Jerónimos no bairro de Belém.
A Mouraria tem sido também o berço de alguns dos mais conhecidos fadistas portugueses. Maria Severa, primeira fadista portuguesa e um ícone desde então, nasceu na Rua do Capelão. Na casa em frente nasceu também Fernando Maurício, outro dos grandes ícones do fado e mais acima na Travessa dos Lagares, cresceu Mariza, uma das grandes fadistas da actualidade.
A Mouraria é ainda hoje cheia de contrastes. Existe todo um mundo típico português, carregado de tradições populares que caminha de mãos dadas com outros mundos culturais oriundos da China, da Índia, do Paquistão, Nepal,... e onde os cheiros , os ruídos e as cores se cruzam numa diversidade que leva a que uma visita a este bairro seja imperdível.
Nos últimos anos o bairro da Mouraria tem sido alvo de intensivos trabalhos de restauro dos seus edifícios e ruas, sendo cada vez mais procurado como zona habitacional.
Uma das grandes atracções da Mouraria, para além do perder-se pelas suas bonitas ruas são os restaurantes chineses e indianos, alguns deles ilegais, mas onde se pode degustar uma cozinha mais autêntica e bastante diferente da dos restaurantes mais tradicionais.

 

Graça
Um pouco mais acima, mesclando-se com a parte alta de Alfama, desenvolve-se o bairro da Graça, onde ainda existem algumas vilas operárias do séc. XIX.
A grande atracção deste bairro é o miradouro que oferece uma vista espectacular da cidade, aproveitada pelas esplanadas e bons restaurantes da zona. Pode também ir até à praça da Nossa Senhora da Graça, onde se encontra uma igreja imponente mas sóbria. Este antigo convento do séc. XII foi reconstruído em estilo rococó depois do terramoto de 1755. Ainda assim, pode admirar os azulejos originais e uma imagem do Senhor dos Passos.

 

A NÃO PERDER: Sugestões de membros MyGuide

CULTURA: A Baiuca e o seu apaixonante fado vadio

(Sugestão Natacha Costa)

CULTURA: Roda de Choro, o maior acontecimento dançante

(sugestão de Lúcio Studer)

CULTURA: "Silêncio que se vai cantar o Fado" no eléctrico de Lisboa

(Sugestão Maria Domingues)

GASTRONOMIA: Recomendo o Cruzes Credo Café

(sugestão de António Barata)

GASTRONOMIA: Kuta Bar com mais sabor

(Sugestão Agenda da Noite)

GASTRONOMIA: Valha-nos o Santo António

(Sugestão Joana Sá Pinto)

ONDE DORMIR: Solar do Castelo - História e Paixão num romântico hot...

(Sugestão Hotéis Heritage)

ONDE DORMIR: Solar do Castelo, romântico e ecológico

(Sugestão MyGuide)

COMÉRCIO E TENDÊNCIAS: Club Rubik, o cubo mágico de Alfama

(Sugestão MyGuide)

PASSEIOS (cá dentro): Subindo até à Graça divina

(Sugestão Filipe Amorim)

PASSEIOS (cá dentro): Camilla Watson e a renovação da Mouraria

(Sugestão Cristina Brissos) 

GASTRONOMIA: Lisboa com mais Esperança

(Sugestão MyGuide)

Exibições: 10653

Adicione um comentário

Você tem de ser membro de MyGuide para adicionar comentários!

Entrar em MyGuide

Comentário de MyGuide em 7 Outubro 2011 às 12:56
Ainda para estes lados, faltou referir o restaurante Esperança da Sé: http://myguide.iol.pt/profiles/blogs/gastronomia-lisboa-com-mais
Comentário de ana dias em 5 Outubro 2011 às 10:51
Obrigada pelo artigo. Tenho ido muito para Alfama nestes ultimos dias, Mouraria  e Graça ainda não conheço, mas está aqui uma boa ideia para explorá-las.

COMUNIDADE MYGUIDE

O Myguide.pt é uma comunidade de Viagens, Lazer e Cultura.

Regista-te e publica artigos, eventos, fotos, videos e muito mais.

Sabe tudo sobre o Myguide aqui

Editores em destaque

EM DESTAQUE

Notícias

Vida e obra de Frida Kahlo em livro com ilustrações de Maria Hesse

Criado por MyGuide 10 Out 2018 at 13:00. Actualizado pela última vez por MyGuide 10. Out, 2018.

Música e Cocktails ao final da tarde no Lisbon Marriott Hotel

Criado por Agenda MyGuide 9 Abr 2018 at 15:02. Actualizado pela última vez por Agenda MyGuide 9. Abr, 2018.

O Festival de Storytelling regressa a Lisboa e ao Porto

Criado por Joana Sá Pinto 2 Abr 2018 at 13:15. Actualizado pela última vez por Joana Sá Pinto 2. Abr, 2018.

© 2019   Criado por Administrador Transglobal.   Ativado por

Crachás  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço